As tradicionais festividades pascais na pequena aldeia de Ladário, na freguesia de Constance, concelho de Marco de Canaveses, foram fatais para um jovem de 20 anos que morreu ao ser atingido por um foguete. A explosão provocou ainda ferimentos considerados graves a um outro jovem, de 22 anos. As vítimas eram residentes na freguesia de Sobretâmega, no mesmo concelho. O alerta foi dado por cerca das 10:00 horas desta segunda-feira, 6 de Abril, quando os dois jovens integravam as equipas da visita pascal que iam, como acontece tradicionalmente, percorrer as várias habitações da localidade.

O rapaz estaria próximo de um equipamento pirotécnico que pretendia assinalar o início do compasso pascal. Ter-se-á aproximado de um dos tubos carregados de pólvora no preciso momento em que este rebentou, tendo sido atingido de forma violenta.

Dizem as autoridades que o jovem ficou decapitado e o amigo, de 22 anos, que estava próximo, foi atingido no peito com gravidade, tendo sido socorrido e transportado pelos bombeiros para o Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, não correndo, em princípio, risco de vida.

O acidente deixou transtornados os habitantes da localidade de Ladário, bem como as freguesias de Constance, onde decorriam as festividades, e a de Sobretâmega, de onde eram naturais e residentes os dois rapazes.

O compasso pascal foi de imediato cancelado enquanto as causas do rebentamento do equipamento pirotécnico estão a ser apuradas pelas autoridades. Informações ainda não confirmadas dizem que aquele instrumento pirotécnico terá sido preparado por uma fábrica do ramo, pertencente ao pai da vítima mortal.

Com cerca de 3,55 quilómetros quadrados, a freguesia de Constance é habitada por menos de 1.700 pessoas e pertence ao concelho de Marco de Canaveses. Conta a história que terá sido naquelas terras que viveu a rainha D. Mafalda (neta de D. Afonso Henriques), fundadora da Albergaria de Canaveses e proprietária da Quinta do Paço de Soutelo. Trata-se de uma freguesia com características essencialmente rurais.