Um homem entrou no café S. Tomé, na freguesia de Estela, no concelho da Póvoa de Varzim e disparou sobre quatro pessoas. Dois homens e duas mulheres são as vítimas. O suspeito fugiu, mas entretanto já se entregou às autoridades, em Valença, a 90 km do local da tragédia. As primeiras informações dão conta de que o homem terá disparado sobre a ex-mulher, os pais da ex-mulher e ainda o filho dela, que a acompanhavam no estabelecimento. A pacata freguesia de Estela está em choque com o #Crime.

Os disparos ocorreram no café em frente à sede da Junta de Freguesia de Estela. Os motivos que levaram ao crime permanecem desconhecidos. Segundo a CMTV, na origem poderão estar motivos passionais, uma vez que o homem viveu em união de facto com uma das vítimas durante alguns anos. O suspeito chama-se Paulo Silva e tem 50 anos. A confirmarem-se as informações pode estar-se perante mais um caso trágico de violência doméstica.

No local permanecem psicólogos e profissionais do INEM, que estão a dar apoio aos familiares e amigos das vítimas. A GNR e a Polícia Judiciária também estão a realizar várias perícias no local do crime. As vítimas dos disparos são um casal, proprietários do café São Tomé, de Estela, Póvoa do Varzim, a filha, ex-companheira do presumível autor do crime, e ainda, o enteado. Segundo as últimas informações existe uma quinta pessoa ferida e em estado grave.

Clique aqui e veja o vídeo captado no local.


Os números da violência doméstica em Portugal continuam a ser alarmantes com vários casos que resultam em várias vítimas mortais. No ano passado perto de São João da Pesqueira, Manuel Palito ficou conhecido por matar vários familiares da mulher. O homem andou fugido às autoridades durante um mês. Este ano, as autoridades estimam que já morreram cerca de 10 a 15 pessoas vítimas de violência doméstica. Em 2014 morreram cerca de 42 mulheres. Em Estela, Póvoa do Varzim, existem agora, ao que tudo indica, mais quatro vítimas associadas a este flagelo dos crimes passionais. Para já ainda não são conhecidos todos os pormenores, mas faremos toda a atualização.