Dois moradores de uma habitação na Rua do Carvalho, na Foz do Douro, no Porto, foram levados para o Hospital de Santo António por inalação de fumo, após um #Incêndio que deflagrou cerca das 11h50 desta quarta-feira, 6 de maio. O fogo teve início num apartamento do quarto andar do prédio, que tinha apenas um residente, que recebeu assistência médica do INEM no local, mas que se recusou depois a seguir para o hospital. Os dois feridos, um homem de 40 anos e uma jovem de 25 anos de idade, moram na habitação ao lado.

No local estiveram os Sapadores do Porto e os Bombeiros Voluntários Portuenses, com três viaturas e 14 elementos, que combateram as chamas que se encontravam circunscritas ao quarto. O espaço ficou totalmente destruído após o incidente, enquanto as restantes divisões da casa sofreram pequenos danos causados pelo fumo e pela água.

À chegada das corporações de bombeiros, o morador da casa em chamas estava já a descer as escadas bastante debilitado, enquanto os vizinhos, que acabariam por ser levados para o Hospital de Santo António, encontravam-se ainda dentro de casa, depois de uma tentativa, sem sucesso, de sair para a rua. A elevada concentração de fumo, que se encontrava já no local, impossibilitou a saída dos dois moradores que tiveram, assim, de esperar pela ajuda dos bombeiros que acorreram ao local.

O morador da casa afetada pelo incêndio desta manhã será agora acolhido, temporariamente, em casa de familiares, até que o apartamento volte a ter condições para ser ocupado.  Até ao momento, ainda não são conhecidas as causas do incêndio nem se sabe quanto tempo demorará a sua recuperação.

Esta é a segunda vez, em poucos meses, que a Foz do Douro presencia um incêndio. No final de março, esta zona portuense foi apanhada de surpresa com um incêndio de grandes dimensões no Bar X, antigo restaurante Shis, e que tinha sido já bastante fustigado, em janeiro de 2014, pela força do mar. O fogo começou na cozinha e na altura não se encontravam funcionários no interior do estabelecimento.