Uma denúncia nas #Redes Sociais mostra que o escorrega gigante instalado em Vila Nova de Gaia leva, alegadamente, óleo de fritar. O evento Water Slide Festival, que vai percorrer várias cidades de Portugal, está a gerar polémica. Em causa está a divulgação de várias fotografias onde se vêem duas pessoas com vários garrafões, aparentemente com óleo de fritar pronto a ser colocado no escorrega gigante.

"Alerta!! No Maior slide da Europa!!! Não tem água (uma mangueira em cada escorrega), que não é insuflável... onde se desliza é linóleo com óleo de fritar", lê-se na mensagem colocada no perfil público de Paula Almeida. A mensagem está acompanhada de três fotografias onde estão duas pessoas com, pelo menos, quatro garrafões de óleo de fritar. As imagens subentendem que o conteúdo dos garrafões está prestes a ser colocado no escorrega gigante, de 500 metros, que nos dias 27 e 28 de junho está instalado na Avenida D. João II, no centro de Vila Nova de Gaia.

A iniciativa tem o nome Water Slide Festival e vai percorrer, até ao final do verão, locais como Beja (4 e 5 de julho), Famalicão (11 e 12 de julho), Vila Real (25 e 26 de julho), Ribeira Grande, nos Açores (22 e 23 de agosto), Braga (5 e 6 de setembro) e Santa Maria da Feira (19 e 20 de setembro).

No Facebook, a situação tornou-se viral - mais de duas mil partilhas - havendo mesmo quem tenha estado no escorrega e pedido de volta o dinheiro depois de se ter apercebido da situação. "Foram comprar óleo para pôr na pista", refere Paula Almeida. As autoridades, feita a exposição, indicaram que ainda não havia, ao início da tarde, nenhuma queixa, mas que iam averiguar a situação. Também por parte da autarquia, e de acordo com fonte próxima do executivo, ainda não havia qualquer conhecimento do caso, indicando apenas que "estava tudo em ordem".

No entanto as opiniões divergiam. "A pista estava escorregadia, mas foi fixe", afirmou Ricardo Carvalho em comentário numa das fotos. Outros estavam chocados, principalmente aqueles que acabaram por utilizar o slide. "Não acredito. Os meus sobrinhos foram para lá", comentou Marco Silva.

(Atualização)

Organização diz que "é tudo mentira".


A Blasting News tentou chegar à fala com os responsáveis do slide aquando da publicação original, mas não recebeu qualquer resposta aos pedidos de esclarecimentos. No entanto a resposta veio no dia 28 de junho, com a organização a informar que, e ao contrário de todos os comentários sobre a utilização de óleo, a situação "é completamente mentira".

"Utilizamos um produto testado dermatolagicamente em laboratório que faz o slide ganhar velocidade e manter-se lubrificado. Estes bidões, devido às suas dimensões, são vertidos em outro tipo de recipientes", frisam em comunicado os responsáveis do Water Slide Festival, acrescentando que "a vossa segurança esta acima de tudo e é esse o nosso compromisso". "Desejamos que todos se divirtam e usufruam ao máximo", diz o comunicado.