A Santini chegou ao Porto e promete dar mais sabor ao Verão na cidade Invicta. Foi mesmo criado o Invicto, um gelado com sabor ao famoso vinho do Porto. A geladaria abriu na passada terça-feira, dia 16 de Junho, em plena Baixa do Porto, no Largo dos Lóios, junto à Avenida dos Aliados. O estabelecimento é o maior de todos os já existentes no país.

Depois dos seus sabores terem conquistado muitos fãs a Sul, a Santini vai agora adoçar o Verão dos habitantes portuenses. Os famosos gelados chegaram finalmente ao Porto e a marca decidiu criar um sabor especial. O Invicto é um gelado com base de nata, enriquecido com vinho do Porto, figos secos e nozes, que pode ser servido em cone ou em copo. Todos os restantes sabores que existem nas lojas do Estoril, Cascais, Carcavelos e Lisboa estão também disponíveis no Porto.

A última loja Santini foi inaugurada em 2010 em Lisboa e há cerca de um ano que o responsável da marca andava à procura de um espaço no centro do Porto. Eduardo Santini disse à "Fugas" que "abrir uma loja no Porto era uma ambição" mas era necessário "fazê-lo com condições, por causa da qualidade do produto". A ambição foi agora concretizada e o espaço, situado numa zona central e histórica do Porto, tem 40 lugares e uma decoração que mantém as riscas vermelhas e brancas das outras lojas já existentes. Nas paredes, há fotografias que contam a longa história da marca, que abriu o seu primeiro estabelecimento em Portugal em 1949.

Na elaboração dos seus famosos gelados, são apenas utilizados ingredientes naturais: leite, fruta e açúcar; na maior parte das variedades, e, no caso do Invicto, também o vinho do Porto. Além dos sabores que se encontram o ano todo, a Santini oferece também alguns sabores sazonais. Como exemplo, e até ao fim do mês, há um gelado de cereja. Para os santos populares, a casa criou uma combinação de morango com manjericão. Estas variedades encontram-se também disponíveis na loja do Porto.

No dia da inauguração foram muitos os que quiseram ser os primeiros a comer um Santini  e por isso verificaram-se filas longas e muito tempo de espera até conseguir o tão desejado gelado. #Negócios