Um jovem de 24 anos de idade morreu na noite desta sexta-feira, 17 de Julho, na sequência de um acidente ocorrido em Felgueiras. Da colisão, com um camião transportador de móveis, resultaram ainda ferimentos em outros dois jovens, com cerca de 20 anos, que seguiam num outro automóvel. De acordo com o relato de alguns populares, o acidente deu-se numa zona onde são frequentes os acidentes. Trata-se de uma recta junto à Zona Industrial de Revinhade, local usado para corridas de automóveis.

O violento acidente ocorreu pelas 23:30 horas quando o Renault Clio conduzido por um jovem de 24 anos, residente a poucos quilómetros do local, colidiu com um camião que estava a sair de uma empresa da Zona Industrial de Revinhade, carregado de móveis. Um outro veículo, Seat Ibiza, onde seguia um casal com cerca de 20 anos não conseguiu evitar e envolveu-se, também, no acidente. Viriam a ser socorridos e transportados para o Hospital Padre Américo, em Penafiel, com ferimentos considerados ligeiros. Conta uma testemunha que os jovens gritavam por socorro porque não conseguiam sair do automóvel uma vez que o outro veículo estava por cima.

Quanto ao jovem de 24 anos, único ocupante do Renault Clio, apesar das técnicas de desencarceramento e de reanimação efectuadas pelos bombeiros com o auxílio da equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), não sobreviveu aos ferimentos, tendo o óbito sido declarado no local.

Na sua edição online, o Jornal de Notícias cita o relato de alguns populares, para referir que a violenta colisão aconteceu numa zona que tem sido palco de vários acidentes. "É um local frequente de acidentes, mas este foi o mais grave", refere, ao mesmo jornal, o 2.º Comandante da Corporação de Bombeiros de Felgueiras, Hugo Ribeiro. Já por sua vez, Abílio Santos disse ao mesmo jornal que "a zona entre a ponte das Sardoeiras até à rotunda da Barropel é usada para fazer corridas e os carros andam quase sempre com muita velocidade", até porque se trata de uma recta com mais de 500 metros de comprimento. #Acidente Rodoviário