As ditas mercearias finas não faltam no Porto, sempre com um cheirinho de outros tempos, onde a mesa e as suas artes pesam q.b. à medida do freguês. Dos antigos mercados, resta o Bolhão. Felizmente, o mercado do Bom Sucesso foi reabilitado e nele se encontram hoje espaços abertos com delicatessen de todo o mundo. Aconselhamos aí um after hours, seja de verão, na esplanada, seja de inverno, no interior.

Nas imediações do mercado do Bolhão, encontramos uma série de mercearias antigas que mantêm os aromas e a variedade de produtos regionais, assim como a qualidade de bem servir dos tempos da sua fundação. Salientamos na rua Formosa a Mercearia do Bolhão especializada em bacalhau, vinho do Porto, queijos, enchidos e pão regional; a Comer e Chorar por Mais por ser um projeto que começou em 1916, manteve-se ao longo de gerações com igual sensibilidade e diferença, sobressaindo de entre as mercearias mais antigas da cidade. Todos os dias recebe pão transmontano, enchidos e queijos de várias regiões. A Pérola do Bolhão, fundada em 1917, distingue-se pela fachada Arte Nova. No interior, o espaço é colorido pela variedade de frutos secos e caramelizados a granel, entre outros produtos regionais.

Ainda na Baixa Oriental, a norte do mercado do Bolhão, a rua Fernandes Tomás abre-se a uma praceta onde fica a mercearia A Favorita do Bolhão desde 1934 com forte garrafeira de vinho do Porto e destilados. Junto à Torre dos Clérigos, destacamos a mercearia Casa Oriental, fundada em 1910 que chama a atenção pelas peças de bacalhau penduradas na fachada e caixas de fruta à entrada.

Dentro deste espírito, distinguimos ainda as novas mercearias, como sejam a Saboriccia na rua de Santa Catarina, subindo à esquerda a partir da rua Formosa. A maioria dos produtos chegam da Quinta Dr. Ramiro Salgado em Trás-os-Montes, estando a loja aberta a outros pequenos produtores que asseguram a qualidade e frescura dos produtos. Também existe na Foz, na rua Senhora da Luz.

Junto aos Clérigos, na praça Guilherme Gomes Fernandes, paredes meias com a Leitaria da Quinta do Paço (famosa pelos éclairs), temos a mercearia Mosaico de Sabores com produtos gourmet de tradição portuguesa onde se realizam várias provas, à imagem do que acontece na Saboriccia. Na rua de Miguel Bombarda, a par e passo com as galerias de arte e #Negócios de autor, salientamos a mercearia fina Casa Diogo no Centro Comercial Bombarda (CCB), que aposta no vinho, azeite, pão e queijo transmontanos, assim como nas famosas bolachas Francesas; e a loja de especiarias Flor d'Açafrão na esquina com a rua do Rosário. #Turismo