Os habitantes do Porto não permitiram que um jovem de 24 anos roubasse dois cidadãos, fazendo #Justiça pelas próprias mãos. Segundo noticia o Correio da Manhã, ontem à noite, dia 28 de Julho, um indivíduo, na presença de outros colegas, tentou roubar uma mochila a dois cidadãos através de violência física, contudo este não contava com a reacção inesperada dos populares presentes no tabuleiro de baixo da ponte D. Luiz no Porto. No comunicado emitido hoje, dia 29 de Julho, pela Polícia Judiciária, o ladrão foi detido no local pelos portuenses, tendo sido imediatamente entregue às autoridades.

Conhecidos pela sua personalidade extrovertida e muitas vezes emocional, os habitantes do Porto presentes na ponte D. Luiz, na passada terça-feira, por volta das 23h30, não conseguiram assistir passivamente a um roubo a dois cidadãos indefesos mesmo à frente dos seus olhos. Segundo noticia o Correio da Manhã, estes fizeram justiça com as próprias mãos, conseguindo deter o assaltante e “assustar” os colegas que o iam a acompanhar.

Quando a Polícia Judiciária chegou ao local, os populares entregaram em mãos o jovem de 24 anos, sem residência em Portugal, como é possível ler-se no comunicado hoje divulgado pela Polícia Judiciária do Porto. Desta forma, os cidadãos assaltados conseguiram recuperar a mochila roubada e o assaltante foi detido imediatamente no local.

Este episódio poderia ter facilmente passado em vão, se não fosse a grande coragem demonstrada pelos habitantes portuenses presentes no local. Um assalto com o uso de violência física a dois cidadãos indefesos rapidamente transformou-se num exemplo de união, solidariedade e coragem. Por isso mesmo, a atitude demonstrada por estes populares tem vindo a sensibilizar e a inspirar centenas de internautas nas redes sociais, que têm vindo a partilhar massivamente um exemplo de rara coragem. Terá esta atitude contribuído para que, pelo menos, a zona turística do Porto veja reduzida significativamente a actividade criminosa? Ou este episódio de justiça popular pode ser uma atitude potencialmente perigosa para as pessoas envolvidas? Deixe a sua opinião na caixa de comentários em baixo. #Crime