Os bombeiros sapadores de Vila Nova de Gaia garantiram, esta quinta-feira, dia 20, que há, efectivamente, uma "praga de vespas asiáticas" no concelho. Num espaço de dois dias, foi confirmada a existência de três ninhos desta espécie predadora, também conhecida por vespa velutina. O primeiro ninho foi encontrado na quarta-feira, numa habitação na freguesia da Madalena, tendo-se procedido à sua destruição durante a noite.

Já esta quinta-feira, os bombeiros sapadores de Gaia foram alertados para a existência de outros dois ninhos, um em Canidelo e outro em Sapadores, ambos também em habitações. Dependendo do tamanho dos ninhos encontrados, os bombeiros podem queimá-los imediatamente no local, ou têm de os transportar para o quartel para procederem à sua destruição.

Estas vespas asiáticas são menos activas durante a noite, pelo que a destruição dos ninhos é sempre feita depois das 21h, altura em que a espécie é menos agressiva para o ser humano.

Em declarações à Lusa, a Câmara Municipal de Gaia mostrou-se preocupada com esta situação mas garantiu "estar atenta" e dispor dos "meios necessários" para controlar a praga. Contudo, se continuarem a aparecer mais casos no concelho, Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da autarquia gaiense, admite solicitar a intervenção das autoridades distritais e nacionais.

Oriunda da China, a vespa velutina é a maior do mundo e alimenta-se da abelha europeia, sendo, por isso, considerada uma praga. Contudo, para o ser humano, esta espécie não é mais perigosa do que as abelhas normais nem constitui uma ameaça sanitária, já que não é fonte de transmissão de doenças.

A vespa asiática foi introduzida na Europa, através do porto de Bordéus, em França, no ano de 2004 e, desde então, têm-se confirmado casos da sua presença. Os primeiros indícios de que esta espécie predadora tinha chegado a Portugal ocorreram em 2011, sendo a zona de Viana do Castelo a mais afectada, até ao momento. Em apenas dois anos, foram sinalizados mais de 600 ninhos de vespas asiáticas. 

Apesar de, desde 2014, existir um Plano de Acção para a Vigilância e Controlo da Vespa Velutina em Portugal, o mesmo tem sido muito criticado face à indefinição sobre quem tem as melhores competências para acabar com esta praga. #Animais #Ambiente