Arranca já esta quinta-feira, dia 3, a quarta edição do festival das francesinhas na baixa do Porto, intitulado "Francesinha na Baixa". De 3 a 13 de setembro, a Praça D. João I propõe cinco emblemáticas cervejarias consideradas especialistas na arte da francesinha. O festival conta com mais de 20 receitas diferentes de francesinhas. Esta iguaria nortenha tem vindo a ganhar cada vez mais fãs além fronteiras e foi até considerada, este ano, como um dos 10 melhores sabores europeus pelo site britânico “The Culture Trip”. Este evento faz parte dos "Encontros de Gastronomia" que são organizados pela Essência do Vinho e pela Super Bock.

Cufra, Capa Negra, Porto Beer, BB Gourmet e o afamado Café Santiago são os habituais cinco restaurantes convidados de há dois anos para cá. Apesar de estarem apenas estes estabelecimentos presentes neste festival, os amantes deste prato típico da cidade Invicta podem contar com mais de 20 versões de francesinhas, entre elas uma vegetariana, outra de carnes brancas e ainda uma com sabores do mar e, claro, a sua versão original com ou sem o belo do ovo.

Como já é habitual neste festival, alguns chefs foram convidados e desafiados, pela organização, para criarem a sua própria francesinha num "show cooking", tendo por base a receita original. Este ano estarão presentes os chefs João Pupo Lameiras - chef do restaurante Bacalhau (Porto), Marlene Vieirachef do Avenue (Lisboa), Hélio Loureirochef da Seleção Nacional de Futebol e Sandra Pinto – finalista do programa “Chef’s Academy”. Os “mestres da culinária” convidados estarão presentes nos dias 4, 5, 11 e 12, respetivamente, sempre às 21h30.

Excecionalmente, no primeiro dia do festival, as portas do recinto abrem apenas às 19 horas mas, nos restantes dias, abrem às 12 horas e encerram só à meia-noite. O acesso ao "Francesinha na Baixa" tem um custo de três euros por pessoa com oferta de uma cerveja mas, se for entre as 12h00 e as 17h00, a entrada é completamente gratuita. A pensar nas famílias com crianças, haverão disponíveis menus infantis e as crianças, com idades até os 12 anos, não pagam entrada de segunda a sexta-feira. #Festivais #Alimentação