Amélia Jesus, a famosa euromilionária de Marco de Canaveses, dá novamente de falar, no entanto desta vez não são as melhores razões que fazem com que esteja nos jornais. Amélia protagonizou uma ultrapassagem que resultou no despiste do seu potente Maserati Quattroporte, que foi avaliado em 200 mil euros.

O acidente aconteceu na Rua da Feira Nova, em Ariz, concelho de Marco de Canaveses, na estrada Nacional 210, no dia 18 de Abril. Amélia foi surpreendida por uma carrinha quando tentava ultrapassar um camião com 24 toneladas de pedra, conduzido por José Cunha, da empresa Europavage France, que seguia a 35 km/h. A senhora embateu no pesado, despistou-se e derrubou um muro de uma habitação, destruindo a parte da frente do seu carro de luxo.

De acordo com o Correio da Manhã, antes de sair do local Amélia insultou o condutor do camião, que apenas saiu para confirmar se ela se encontrava bem. A euromilionária abandonou o local antes que a polícia tivesse chegado, evitando assim prestar depoimento e fazer o teste de alcoolemia, se fosse necessário.

Segundo o mesmo jornal, teve de ser o comandante da GNR de Alpendorada a dirigir-se à casa de Amélia Jesus, em Ariz, para recolher o seu depoimento sobre o acidente.

Este é o terceiro carro de luxo, num período de 3 anos, que a euromilionária destrói. Amélia disse ao JN que depois do acidente já tinha comprado um novo Maserati.

O proprietário do camião declarou ter ido à GNR para levantar o seu veículo, no entanto foi informado que o processo ainda não está concluído por faltarem as declarações de Amélia. A GNR só teve o depoimento da condutora no quarta-feira, dia 20 de Abril.

A milionária de Marco de Canaveses disse ao JN que saiu ilesa do acidente, uma vez que os airbags disparam.

A vida da antiga empregada doméstica, que em 2013 se tornou vencedora do boletim premiado do Euromilhões no valor de 51, 6 milhões de euros, tem aparecido nas notícias pelas mais diversas razões. Amélia teve um casamento de luxo a 1 de Abril de 2013 com direito a limusine e uma volta ao mundo na companhia do então marido. Esta união não foi muito longa e o casal acabou por divorciar-se. Com a separação perante lei, Amélia de Jesus teve de pagar 15 milhões de euros ao ex-marido.

No entanto, a milionária não investiu o seu prémio apenas a adquirir bens para seu uso próprio. Amélia também ajudou a população da sua localidade ao comprar uma capela no cemitério de Ariz. Adquiriu 8 carros para diversos familiares: um BMW Série 7 para si e outros três modelos de luxos para os seus irmãos. Ofereceu mais dois aos filhos e às suas respectivas esposas. #Acidente Rodoviário