Dois jovens, com cerca de 20 anos, ficaram feridos na sequência de um despiste de um automóvel que participava nas tradicionais “picarias” do Mindelo, no concelho de Vila do Conde. As vítimas estavam a assistir àquelas “corridas ilegais” quando foram colhidas por um carro que entrou em despiste. Os jovens tiveram de ser socorridos e transportados para o hospital. O condutor do automóvel envolvido no acidente saiu ileso.

São designadas por “Picas Mindelo”, as corridas de carros que nas noites de sextas-feiras atraem largas centenas de pessoas, sobretudo jovens, à zona industrial daquela freguesia do concelho de Vila do Conde. No entanto, na madrugada deste sábado, 8 de Outubro, as coisas correram mal. Um dos carros que participava na “picaria” entrou em despiste indo embater no público, ferindo dois jovens que se ali se encontravam.

Segundo o Jornal de Notícias, o acidente ocorreu por cerca das 01:30 horas. As vítimas são um jovem de 21 anos que sofreu ferimentos, considerados graves, e que acabaria por ser transportado para o Hospital de S. João, no Porto, pelos elementos da Cruz Vermelha de Vilar. O outro ferido, um rapaz que aparentava ter também cerca de 20 anos, sofreu ferimentos considerados ligeiros. No entanto, acabaria também para ser transportado ao Hospital de Pedro Hispano, em Matosinhos. Já o condutor do carro envolvido no acidente sofreu ligeiras escoriações. Foi tratado no local, não tendo sido necessário recorrer a unidade hospitalar.

Aquele acidente ocorreu numa zona industrial que é tradicionalmente palco de “corridas ilegais”, existindo inclusivamente um grupo no #Facebook para o efeito, designado por “Picas Mindelo” com mais de 6.500 membros. Foi, aliás, um dos membros que escreveu naquele grupo alertando para a ocorrência do acidente. “Atropelaram duas pessoas, só as vi a voar”, escreveu. De referir que aquele acidente aconteceu em vésperas da realização da última prova do campeonato Mundo da Picaria, agendada para a tarde deste domingo, 9 de Outubro, no Aeródromo de Fátima. #Acidente Rodoviário