Era para ter sido uma tarde de convívio entre amigos, mas acabou em cenário de horror. Um jovem, de 18 anos, aproveitou o sol primaveril para mergulhar nas águas do rio Douro. Mas, como não sabia nadar, ficou em apuros. Acabou por ter sido resgatado inconsciente pelos socorristas e transportado ao hospital em estado grave. Ficou internado nos Cuidados Intensivos com prognóstico muito reservado.

Tudo aconteceu na tarde desta quinta-feira, 6 de Abril, no Porto, junto ao cais da Ribeira. O jovem estaria com um amigo a divertir-se e a aproveitar a tarde soalheira à beira rio, quando decidiu mergulhar nas águas do Douro. Algumas vozes populares disseram que o rapaz, residente no Porto, não sabia nadar, mas mesmo assim entrou no rio, tendo sido “apanhado por um redemoinho”, ficando em apuros.

Publicidade
Publicidade

Uma rapariga que estaria próxima do local ainda lhe atirou uma bóia, no sentido de ajudar o rapaz, mas sem êxito. O alerta foi dado às 15h50 tendo os meios de socorro sido accionados para o local.

O adolescente, que terá ficado cerca de meia hora debaixo de água, acabaria por ser resgatado pelos mergulhadores do Batalhão Sapadores Bombeiros do Porto em paragem cardiorrespiratória, tendo os elementos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) iniciado manobras de reanimação. A vítima foi transportada, em estado crítico, para o Hospital de Santo António, no Porto, tendo ficado internada na respectiva Unidade de Cuidados Intensivos, com “prognóstico muito reservado”, mas em situação “estável”. Quem assistiu ao salvamento relata que foram momentos terríveis e de horror, provocando algum desespero e pânico nas muitas pessoas que se encontravam na Ribeira do Porto.

Publicidade

Para além da equipa de mergulhadores do Batalhão Sapadores Bombeiros, nas operações de socorro estiveram envolvidos meios do Instituto Nacional de Emergência Médica, designadamente uma mota de emergência médica, uma ambulância e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação afecta ao Hospital de Santo António. O INEM accionou, ainda, uma Unidade Móvel de Intervenção Psicológica de Emergência. A ocorrência foi registada pela Polícia Marítima do Douro.

De referir que a zona da Ribeira, no Porto, um dos locais de atracção turística da cidade de Porto, é muito frequentada por jovens que, aproveitam os dias de calor, para mergulhar nas águas do Douro. Há mesmo grupos que fazem apostas sobre os saltos que fazem para as águas do rio. . #Afogamento