Andar de bicicleta é uma prática saudável e relaxante, sendo um forte aliado na luta contra o aumento de peso. Praticar desporto faz, de facto, bem ao corpo e à alma, mas saiba que andar de bicicleta ajuda-o a sentir-se jovem por muito mais tempo. As conclusões chegaram do King's College London e da Universidade de Birmingham e dão um novo folego a quem faz desta prática uma rotina do quotidiano. De acordo com este estudo, aqueles que andam de bicicleta com regularidade conseguem preservar, de forma mais eficaz, as suas funções físicas e, por isso, irão sentir-se jovens por muito mais tempo. Para este trabalho foram recrutados 85 homens e 41 mulheres, entre os 55 e os 79 anos de idade. Todos eles tinham por hábito andar de bicicleta com frequência. Quando estava focado nos ciclistas amadores, este estudo verificou que, tratando-se de homens, estes demoravam seis horas e meia para fazer cem quilómetros, ao passo que as mulheres demoraram cinco horas e meia a percorrer sessenta quilómetros. Terminada a corrida, todos os candidatos fizeram testes para avaliar a força muscular, o equilíbrio, a densidade óssea e os reflexos.

Chegaram, então, as conclusões. Foram feitas comparações aos padrões de envelhecimento considerados normais e a verdade é que estes não eram um espelho fidedigno da idade real, mostrando uma condição física, uma capacidade de memória e reflexos mais rápidos, característicos de adultos jovens e não de pessoas dentro destas faixas etárias. Estava assim desvendado mais um segredo da juventude.

Todavia, este estudo não veio trazer grandes novidades. Já em 2013, um trabalho centrado em ciclistas profissionais que corriam na Volta a França, chegou à conclusão de que estes viviam, em média, mais seis anos do que as pessoas que não praticavam #Ciclismo. Outro estudo, desenvolvido por uma equipa da Universidade Alemã do Desporto, veio mostrar ainda que as pessoas que andam de bicicleta poupam muitas idas ao médico. Problemas como dores de costas, doenças cardiovasculares ou excesso de peso deixaram de fazer parte do quotidiano destes amantes das duas rodas.

A prática regular de exercício físico não é uma questão de modas. Para manter as suas capacidades físicas e mentais, não importa que modalidade pratique. Importa sim que faça exercício ao longo da sua vida, com regularidade, com teimosia e com vontade. Os adeptos da pedalada têm agora mais motivos para percorrer quilómetros em cima de uma bicicleta; mas não fique à espera que um estudo venha demonstrar os benefícios que esta ou outra modalidade trazem para a sua saúde.