Já vimos como surgiu a Ayurveda. Sabemos que se trata do sistema de saúde mais antigo do mundo, que está na base da medicina tradicional chinesa, romana, grega e árabe (e com intercâmbios de informação com a japonesa), mas em que é que consiste? Se desconstruirmos a palavra, verificamos que "Ayur" significa vida e "Veda" é conhecimento, logo Ayurveda é o conhecimento da vida. A vida, segundo a antiga escola ayurvédica Charaka, é composta por quatro partes essenciais: mente, corpo, os sentidos e a alma. Por essa razão é um dos sistemas de saúde mais completos de sempre, já que os seus tratamentos abordam o indivíduo como um todo, sabendo que o desequilíbrio que pode gerar numa destas partes vai afectar as outras, assim como a cura que for aplicada, não pode desequilibrar as outras componentes da vida.

Além de considerar que a vida é composta pelas quatro partes essenciais, a ayurveda acredita que tudo o que está presente na natureza está presente nos seres vivos, ou seja, os cinco elementos éter, ar, fogo, água e terra. Quando um destes elementos está em desequilíbrio, é iniciado o processo da doença. Esse desequilíbrio é chamado de dosha, tendo sido identificados três doshas. São eles: Vata (regido por ar e éter), Pitta (regido por fogo e água) e kapha (regido por terra e água). Todo o ser humano nasce com uma constituição específica que se chama de prakruti, mas conforme crescemos somos influenciados/regidos pelos nossos hábitos alimentares, pelo meio ambiente onde estamos inseridos, o que faz com que a constituição actual se chame de vikruti. A ayurveda concentra-se primeiro no vikruti, a constituição actual, e depois passa a tratar do prakruti.

Podemos resumir que segundo a ayurveda, a saúde dá-se pelo equilíbrio entre os três doshas e é esse o seu principal objectivo. Para isso tem vários tipos de tratamentos, sendo que os mais utilizados são a Panchakarma, massagem ayurvédica e apoio numa alimentação cuidada e saudável, de forma a construir um metabolismo forte e manter uma boa digestão e o funcionamento regularizado do sistema excretor. Também se apoia em exercício, yoga e meditação constantes visando a harmonia entre o físico, o mental e o energético.