As autoridades de Taiwan procederam ao abate de 120 mil frangos, na região de Pingtung, depois de ter sido detectado um surto de gripe das aves. A notícia foi dada pelo governo de Taiwan, através do Conselho da Agricultura. No comunicado, o Conselho da Agricultura de Taiwan não revelou a localização exata da quinta em questão, tendo apenas identificado a empresa produtora, a Dawushan Livestock Products Co. De acordo com o jornal de Taiwan China Post, a quinta foi colocada em quarentena, as aves abatida e a zona envolvente desinfectada. A região de Pingtung é conhecida enquanto produtora agropecuária de aves.

A empresa Dawushan, de acordo com o China Post, é conhecida pela alta qualidade da sua produção. A empresa alega que utiliza um conjunto de procedimentos para evitar contágios, que incluem a desinfecção de pessoal e veículos à entrada da quinta, bem como a passagem por um balneário antes da entrada nos aviários. A empresa aponta também que as aves são colocadas ao ar livre, em vez de estarem sempre fechadas em jaulas, e ouvem Mozart para reduzir o stress e criar carne e ovos de alta qualidade.  

Ainda de acordo com o China Post, o aviário em questão havia-se debatido com a morte súbita e inesperada de um número não especificado de aves. Procedeu-se imediatamente à realização de análises que demonstraram a elevada probabilidade de existência do vírus H5N2. Em resposta, a quinta foi selada para garantir que a gripe das aves não se pudesse espalhar. 

Este caso surge pouco depois de se ter registado uma situação semelhante na Holanda. Em Novembro, o surgimento do vírus H5N8, inofensivo para o ser humano mas mortal para as aves, levou ao abate de 150 mil aves. Já no Japão foram abatidos 4 mil animais em Dezembro, numa situação semelhante de detecção de um foco numa exploração pecuária.

A subdivisão política de Pingtung, também chamada de condado ou distrito, está situada no sul do país, e tem cerca de 850 000 habitantes. Taiwan, também chamado de ilha Formosa (nome atribuído pelos navegadores portugueses no século XVI), é um país independente reconhecido por poucos Estados no mundo. O país nasceu no final da guerra civil chinesa, tendo para lá fugido os apoiantes do derrotado partido nacionalista, enquanto o partido comunista vencia na China continental. A República Popular da China tratou sempre a ilha como uma província rebelde e não aceita qualquer reconhecimento oficial como país, embora até hoje não tenha feito qualquer esforço militar para a conquistar.