Seja para emagrecer, por questões de saúde ou simplesmente para melhorar os hábitos alimentares, são várias as dietas que podemos adotar. A U.S. News & World Reporter é uma revista americana especialista em rankings e divulgou recentemente a lista das melhores dietas. Para elaborar esta lista a revista contou a ajuda de médicos e nutricionistas que analisaram cuidadosamente 35 dietas distintas. A pontuação máxima atribuída foi de 5 pontos. Contudo, a dieta com maior pontuação obteve 4,1 pontos e o terceiro lugar é partilhado por três dietas com 3.8 pontos. A Dieta Biggest Loser ficou em 9º lugar e totalizou 3,6 pontos, enquanto as dietas vegetariana e asiática obtiveram apenas 3,5 pontos e ficaram em 11º lugar.

Dieta Dash. Esta dieta tem como principal objetivo controlar a hipertensão e, de acordo com os especialistas, além de ajudar a emagrecer e a prevenir as doenças cardiovasculares, é também nutritiva, segura e fácil de seguir. Os principais nutrientes que a compõem são o potássio, a proteína e a fibra que facilmente encontramos em alimentos como as frutas, os legumes, grãos integrais, os lacticínios com baixo teor de gordura e as proteínas magras.

Dieta TLC. Indicada para reduzir o chamado colesterol mau (LDL), esta dieta centra-se na eliminação das gorduras saturadas encontradas nas carnes gordas e nos fritos. Combina o exercício físico com uma alimentação rica em fibras e vegetais, tem a duração de seis semanas e prevê reduzir até 10% do colesterol.

Dieta da Clínica Mayo . O principal foco desta dieta é a perda de peso e o seu programa é composto por diversas fases. Além do controlo dos alimentos ingeridos, esta dieta também requer alteração a nível comportamental, através da adoção de bons hábitos como o exercício físico e eliminação de maus hábitos, como o de comer enquanto vê televisão. De acordo com os médicos que a analisaram, esta dieta é segura e previne diabetes.

3ª Dieta mediterrânea. Baseada na alimentação dos países banhados pelo Mar Mediterrâneo, a dieta mediterrânea inclui a ingestão de frutas, vegetais, nozes, cereais integrais, peixe, azeite e vinho tinto, excluindo a carne vermelha, o açúcar e gorduras. O principal objetivo é a redução e manutenção de peso.

3º Dieta dos vigilantes do peso (Weight Watchers). Este plano requer reuniões semanais para ajudar à adoção de alimentação e hábitos saudáveis. A cada alimento é atribuído um ponto e pode comer o que quiser; apenas não pode ultrapassar o número de pontos que é pré-estabelecido de acordo com a idade, o peso e o sexo.