O primeiro ginásio Go fit em Portugal abre hoje as portas ao público no antigo Complexo Desportivo Municipal dos Olivais, vulgarmente conhecido como piscina dos Olivais. Inaugurada em 1967 pelo Presidente da República, Américo Tomás, foi a primeira piscina olímpica da capital e espaço de lazer para os lisboetas durante décadas, até ao seu encerramento definitivo em 2005, já em avançado estado de degradação. Mas o novo complexo, dedicado à saúde dos utentes, é completamente diferente. A sala de fitness com 1000 metros quadrados é anunciada pela Ingesport como "a maior da Europa".

A cadeia Go fit conta com mais de uma dezena de ginásios, pertencentes ao grupo espanhol Ingesport, nascido em 2009, em plena crise financeira, sendo este o primeiro investimento financeiro do grupo fora de Espanha. A Câmara Municipal de Lisboa, sob a direcção de António Costa, assumiu, em parceria público-privado com o grupo espanhol, a concessão do espaço para requalificação e exploração por um período de 35 anos a troco de 8 milhões de euros. 

Esta decisão do executivo socialista foi muito contestada pelo Bloco de Esquerda, que teceu duras criticas ao edil da capital pela condução deste processo, através de um comunicado publicado em Abril de 2014 na sua página oficial. Recorde-se que, em 2008, uma equipa fiscalizadora da União Europeia tomou conhecimento do avançado estado de degradação e abandono deste complexo, exigindo a devolução dos fundos atribuídos para a conservação e manutenção deste espaço público. A Câmara Municipal de Lisboa acusou o PCP, que deteve o Pelouro do Desporto entre 1990 e 2001. Por sua vez, o PCP reagiu através de um comunicado publicado na sua página oficial a 9 de Fevereiro de 2009, repondo, segundo este, toda a verdade dos factos, descartando qualquer culpa.

Embora a concessão tenha tido lugar em 2010, as obras de requalificação arrancaram apenas no final de 2012, com prazo previsto de conclusão para o verão de 2013. Contudo, de acordo com o director geral da Ingesport, Jaime Gutiérrez, a falência do construtor responsável pela obra e factores de natureza burocrática atrasaram sucessivamente a conclusão dos trabalhos, provocando uma derrapagem na ordem dos 10% ao orçamento previsto.

Polémicas à parte, o Centro Go Fit Olivais vai criar 60 postos de trabalho directos com a abertura deste espaço. As instalações estão equipadas com seis estúdios para aulas de grupo, uma sala de fitness com 1100 metros quadrados, quatro piscinas, uma delas exterior, uma zona termal (com piscina, sauna e banho turco), uma área para crianças e mais de 300 lugares de estacionamento.

De acordo com as informações fornecidas, os preços praticados serão 39 euros mensais por pessoa e 56 euros por família (casal e filhos até 16 anos). O horário de funcionamento do Centro Go fit dos Olivais é das 7h às 22h30 de 2ª a 6ª, Sábados das 9h às 20h30 e Domingos e Feriados das 9h às 18h30.