O Instituto Português do Sangue e da Transplantação lançou um apelo para a dádiva de sangue, dado que entre a última semana de Janeiro e os primeiros dias de Fevereiro se tem registado uma quebra acentuada nas unidades disponíveis. A diminuição do número de dádivas é normal nesta época do ano, devido sobretudo às gripes e constipações que levam ao afastamento dos dadores regulares. Contudo, o número de reservas nacionais caiu, desde o início do ano, das 17.620 para apenas 11.240 unidades. No limite inferior ao desejável situam-se os grupos sanguíneos O-, O+ e A-, com reservas, no máximo, para 5 ou 6 dias e, de acordo com as previsões, a não reposição das reservas pode levar ao adiamento de determinadas cirurgias por um período de uma a duas semanas.

Prevê-se ainda que as reservas de sangue não venham a aumentar durante a próxima semana, com a chegada do Carnaval. Daí que o Instituto tenha apelado também aos dadores não regulares para que reforcem igualmente o banco de reservas com a sua dádiva. Caso não esteja completamente inteirado das condições em que pode doar sangue, fique a saber que precisa estar em bom estado de saúde, manter hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50 kg e ter entre os 18 e os 65 anos. Porém, para uma primeira dádiva o limite de idade situa-se nos 60 anos de idade.

Pode ainda optar por fazer a sua doação nos centros regionais do Instituto Português do Sangue. Em Lisboa, de segunda-feira a sábado entre as 8h00 e as 19h30; no Porto, de segunda a sexta-feira das 9h00 às 19h00 e sábado até às 13h00; e ainda em Coimbra nos dias úteis das 8h00 às 20h00 e aos sábados até às 13h00.

Se a sua área de residência for ainda fora de algum destes centros urbanos pode ainda aceder à página web do Instituto Português do Sangue. A plataforma interactiva irá indicar-lhe quando e onde poderá dar sangue, de acordo com a sua localização. As brigadas móveis são ainda uma boa opção para o dador que não pode se deslocar ao hospital. A doação de sangue é um acto voluntário mas que pode representar o bem estar de muitos.