Cada vez mais, o Reiki é uma terapia com grande procura e até aceitação por parte da medicina ocidental - especificamente no nosso país, existem alguns hospitais que usam a terapia como complemento de vários tratamentos e procedimentos. Mas como surgiu o Reiki? Vamos tentar responder a esta pergunta da maneira mais breve e clara possível, tendo em mente que as origens do Reiki não são muito claras devido ao pós-guerra no Japão. Os E.U.A., que tinham um completo controlo sobre o país, baniram todas as terapias de cura orientais, permitindo apenas que a medicina alopática fosse praticada, pelo que aqueles que eram iniciados em Reiki, discípulos da escola original, quase que formaram uma sociedade secreta de forma a praticarem Reiki entre eles próprios.

A sua origem remonta até aos finais do século 19, no Japão, através do mestre Mikao Usui, que supostamente terá estudado desde medicina até psicologia em vários países tanto na Europa, como Estados Unidos (onde terá tirado um doutoramento em teologia) e China. Interessado em perceber como as curas de Jesus Cristo foram feitas, o mestre retirou-se para uma montanha (Kurama) e em jejum meditou até que, ao vigésimo primeiro dia dessa meditação, começou a sentir na sua cabeça (no chakra da coroa) uma grande concentração de energia num processo que pode ser descrito como um despertar espiritual.

Foi neste momento que adquiriu a cura Reiki. Conforme experimentou em si e nos seus familiares, sentiu um resultado imediato. Pensou e decidiu que seria melhor partilhar este poder de cura a um leque alargado de pessoas do que limitá-lo exclusivamente aos seus familiares. Como tal, abriu em Tóquio, em Abril de 1922, um centro de Reiki onde o seu ensinamento era feito de forma aberta ao público, assim como o tratamento, com pessoas que vinham um pouco de toda a parte para pedir orientação e cura, com uma afluência impressionante.

A sua reputação foi crescendo, sendo bastante requisitado e levando-o a viajar mais pelo Japão, até que adoeceu subitamente e acabou por falecer aos 62 anos de idade, no mesmo sítio onde despertou espiritualmente. Até à sua morte, o mestre Usui iniciou mais de 2 mil pessoas, tendo deixado apenas 20 professores. Um deles foi Chujiro Hayashi, a quem o mestre Usui tinha pedido para abrir a sua própria clínica de Reiki e pegar naquilo que lhe foi ensinado de modo a expandir os conhecimentos que tinha adquirido da sua prática como médico na Marinha. Assim foi, Hayashi abriu a sua própria clínica e instituiu uma série de mudanças aos procedimentos passados por Usui. Foi através de Hayashi que o Reiki chegou à senhora Hawayo Takata, que procurou o Reiki como forma de cura ao seu tumor e outras doenças que tinha, dos quais ficou completamente curada depois de quatro meses intensivos de tratamento. Depois desta experiência positiva, a senhora Takata quis aprender e tornou-se mestre de Reiki, sendo depois a partir dela que o Reiki foi espalhado pelo Ocidente, embora aquilo que ela tenha ensinado tenha sido substancialmente diferente dos ensinamentos de Hayashi e do próprio Usui.

Hoje em dia existem várias formas de Reiki, várias escolas, não sendo nossa a capacidade para discernir qual é mais válida. Os princípios instituídos pelo mestre Mikao Usui, esses, são universais e eternos: a paz interior, amor pelo próximo, agradecimento pelas dádivas da vida e a ligação ao Universo. #História