Alguns investigadores da Harvard School of Public Health (HSPH) juntaram-se para tentar apurar algumas conclusões sobre o impacto do consumo de fruta no combate à diabetes do tipo 2. A informação foi divulgada pelo site musculação.net. Estudos anteriores não tinham por base a distinção entre a fruta inteira e o sumo e/ou néctar de fruta, tendo sido este o foco da nova investigação. Para a realização deste estudo foram utilizados os dados anteriormente recolhidos a 187.382 participantes durante o período compreendido entre 1984 e 2008. No final concluíram que enquanto algumas frutas ajudam a combater o risco de diabetes, os sumos de fruta processada podem vir a aumentar esse mesmo risco.

O principal objetivo dos investigadores era saber se o consumo de fruta no seu todo era ou não benéfico no combate ao risco de desenvolvimento de diabetes do tipo 2. Pelos resultados alcançados conseguiram perceber que alguns tipos de fruta são mais benéficos do que outros e que os sumos e/ou néctares de fruta processada produzem precisamente o efeito contrário no nosso organismo, ou seja, aumentam o risco de desenvolvimento de diabetes. Os participantes que consumiram frutas inteiras, tais como amoras, uvas e maçãs regularmente durante a semana tiveram uma redução no risco de diabetes até 23% comparando com os que comeram apenas uma peça de fruta por mês. No que diz respeito ao consumo de sumos de fruta, os participantes que consumiram pelo menos um sumo por dia, aumentaram o risco de diabetes em 21%. No estudo conseguiram ainda concluir que a troca no consumo de três sumos por semana por frutas inteiras proporcionou uma redução de 7% no risco de desenvolvimento deste tipo de diabetes.

A principal justificação encontrada pelos investigadores está associada ao elevado índice glicémico que se encontra nos sumos de fruta. O sumo de fruta é digerido pelo nosso organismo de uma forma muito mais rápida que a fruta inteira e dessa forma, como os carboidratos contidos da fruta entram de uma forma mais rápida no nosso sangue, os níveis de açúcar também aumentam mais rapidamente. Em suma, para uma melhor prevenção no combate da diabetes, a opção deve recair sempre no consumo de fruta no seu estado natural, em vez dos tradicionais sumos de fruta processada. #Casos Médicos #Alimentação #Vida Saudável