Na década de 90, um grupo de pesquisadores japoneses reuniu-se para efetuar testes que lhes permitissem comprovar qual seria a forma mais eficiente para emagrecer. Esse grupo era liderado por Izumi Tabata e analisou todo o tipo de exercícios, desde os mais complexos aos mais básicos, dos exercícios menos exigentes ao nível aeróbico aos exercícios de força explosiva. No estudo divulgado no renomado Medicine and Science in Sports and Exercise, concluíram que o fator mais importante era a intensidade com que os atletas praticavam os exercícios e não a sua complexidade ou longa duração dos treinos. Assim sendo, Tabata focou os seus testes neste ponto e criou um método de treino com o seu nome que ainda hoje é utilizado como base de muitos programas de treino.

Explicando um pouco o que é o Tabata, podemos infomar que é um método bastante curto que não ultrapassa os 4 minutos, mas garantidamente que são os piores 4 minutos do dia do atleta. Na verdade o treino em si não é de apenas 4 minutos, pois o atleta deve efetuar um bom aquecimento, que se situe perto dos 10 minutos e no final devem ser realizados alongamentos e exercícios de recuperação que podem rondar os 5 minutos. Desta forma um treino completo e devidamente bem estruturado ronda sempre no mínimo 20 minutos. Em relação aos 4 minutos de treino intenso, eles são por norma compostos da seguinte forma: 7 ou 8 séries de exercícios aeróbicos, em que cada série tem a duração de 20 segundos e o descanso entre séries são apenas 10 segundos. Pode parecer fácil olhando apenas para o seu curto tempo, mas não nos podemos esquecer que todas as séries têm de ser feitas com o máximo de intensidade possível por parte do atleta e a recuperação de 10 segundos passa assim a ser curta após o desgaste.

A realização deste método pelo menos 4 vezes por semana, associado a um plano alimentar cuidado, produz excelentes resultados, tanto em homens como em mulheres. Sendo um método de treino bastante curto, pode ser realizado por qualquer pessoa em casa, no jardim, ou mesmo no ginásio, pois muitas são as modalidades que introduziram este método nos seus planos de treino. O Tabata por si só não faz milagres, mas com uma alimentação cuidada, os resultados alcançados na perda de peso e massa gorda são garantidos, para além de uma comprovada melhoria ao nível da resistência aeróbica e anaeróbica.Toda a informação referida sobre este programa pode ser consultada no site oficial de Tabata. #Fitness #Vida Saudável