Todos nós reconhecemos a importância e os benefícios do desporto, em particular a corrida, que para além de acelerar o corpo, ajuda a perder peso e também serve para combater a depressão. Durante a corrida o corpo liberta endorfina, dopamina e serotonina, substâncias que nos trazem sensação de prazer e relaxamento, pois atuam no sistema nervoso central.

O stresse permanente atrofia e elimina os neurónios, podendo levar à depressão. Por sua vez, a corrida é uma aliada no combate a estas sensações menos aprazíveis.

De acordo com estudos realizados com ratos de laboratório, a neurogénese aumenta quando estes animais têm na sua gaiola uma roda para corrida. O facto mais curioso é que a neurogénese é maior quando aliada ao exercício do que através da toma de medicamentos para a depressão. Este estudo, apesar de ser realizado com animais, demonstrou a importância do exercício. 

Na Universidade Southwestern, Texas, estudos efetuados sugerem que o exercício físico frequente é mais eficaz do que a utilização de fármacos. De acordo com o estudo, correr durante 30 minutos três a cinco dias por semana diminuiu em 47% os sintomas da depressão. 

Num artigo divulgado pelo site Notícias ao Minuto, o especialista Nuno Cobra revela que a produção de neurónios ocorre no hipotálamo, área responsável pelas emoções, aprendizagem e memória. Um indivíduo com depressão crónica apresenta essa parte do cérebro menor comparativamente com indivíduos sem depressão. 

O aumento da circulação do sangue e do ritmo cardíaco, consequências da prática de exercício físico, permitem que o cérebro obtenha mais estimulantes no fabrico de células novas. 

O médico e maratonista Drauzio Varella refere que a esta modalidade desportiva não é boa apenas para a saúde física, como também para a saúde mental e fala na sua própria experiência. Sendo bastante agitado e ansioso, diz que quando pára de correr consegue perceber os efeitos negativos sobre o seu corpo. Para o médico, correr é um excelente antidepressivo, dá-lhe autoconfiança, sensação de prazer e relaxamento.  #Vida Saudável