É já nesta sexta-feira, dia 27 de fevereiro, que os concelhos de Grândola e Alcácer do Sal se reúnem numa marcha lenta de protesto, tentando deste modo reivindicar a conclusão das obras no Itinerário Complementar 1 (IC1). As autarquias, que se farão acompanhar das Comissões de Utentes do IC1, regressam a esta luta e voltam a apostar numa saída à rua, face à possibilidade de reclamar a reparação urgente da Estrada Nacional 120, que contempla um importante excerto de ligação entre os dois municípios. Por conseguinte, os responsáveis pelas autarquias grandolense e alcacerense esperam que as centenas de condutores residentes na zona participem e apoiem esta iniciativa, juntando-se à marcha lenta o máximo de tempo possível.

O Presidente da Câmara Municipal de Grândola, António Figueira Mendes, confirma a sua inquietação com o gradual crescimento do estado de degradação em que se encontra este troço do IC1, acreditando ser essencial e urgente solucionar este dilema. O autarca relembra que esta é "uma estrada de vital importância para o concelho e para a região, cada vez mais utilizada pelos automobilistas numa fuga premente à A2, devido ao aumento de portagens e do preço dos combustíveis". António Figueira Mendes adiciona ainda à sua preocupação "os números de sinistralidade que não páram de aumentar e que contam com consequências fatais na maioria dos casos". Esta é assim uma estrada que não consegue garantir as condições mínimas de circulação.

Recorde-se que esta concentração tem início marcado para as 17h00, em Grândola, junto ao Parque de Feiras e Exposições. A marcha lenta, que se deverá manter até ao quilómetro 10, apenas com os habitantes grandolenses, reúne-se neste ponto com os beneficiários alcacerenses. Conclusivamente, a marcha prosseguirá até ao Isaías, no concelho de Grândola, onde dará lugar às várias intervenções dos representantes das Câmaras Municipais de ambos os concelhos e das Comissões de Utentes do IC1. Esta iniciativa conta ainda com a participação das Juntas de Freguesia de Grândola e de Alcácer do Sal.