Foi no dia 24 de Janeiro que Tânia Cardoso ficou a saber que era a vencedora da segunda fase do concurso "Sesimbra é Peixe e Arte na Rua". A artista levou para casa o prémio após apresentar a obra "Histórias Perdidas de Mundos Flutuantes". Nesta fase do concurso, o concelho sesimbrense conseguiu reunir onze artistas e vinte e dois trabalhos, com o objetivo de promover um dos maiores atrativos do município, o seu peixe. O concurso procurou ainda louvar as vertentes históricas, culturais, étnicas, paisagísticas e ambientais ligadas a este produto.

Os resultados do concurso foram anunciados pelo júri e pelo Presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, Augusto Pólvora, que procedeu também à entrega dos prémios. A vencedora do concurso não esteve presente por se encontrar a trabalhar fora do país. Ainda assim, Tânia Cardoso, que se fez representar pelos seus pais, agradeceu o prémio e saudou a autarquia por levar adiante uma iniciativa que deu a oportunidade aos artistas de mostrarem o seu talento.

Por sua vez, Augusto Pólvora afirmou ter visto as suas expetativas suplantadas, "não apenas pela forte adesão que suscitou juntos dos artistas, mas também pela qualidade dos trabalhos, pelo que quero felicitar todos os que participaram nas duas fases do concurso". O autarca também mostrou a sua satisfação face às reações positivas da população.

Emoção idêntica foi expressa pelo presidente do júri, Aleixo Terra-da-Mota, que assegurou que este "projeto conseguiu estabelecer um diálogo interessante entre o artista e a população". O responsável disse estar "fascinado com os trabalhos" que foram desenvolvidos e apresentados pelos onze artistas.

A cerimónia de entrega dos prémios ainda forneceu um momento de partilha e troca de impressões entre o júri e os intervenientes. O projeto foi debatido no que diz respeito à sua visibilidade e reconhecimento. Por isso, os artistas acreditam ser importante nomear as obras, bem como o seu criador, através de uma placa colocada em cada trabalho ou até mesmo através da sua divulgação junto de algumas instituições, como as faculdade de artes.

No final deste debate, o júri anunciou o lançamento da terceira fase deste concurso, que deverá ser concretizado ainda neste primeiro semestre de 2015, abrangendo a pintura de portas, janelas e muros.