No último sábado, dia 21 de março, o município montijense usufruiu de um conjunto de iniciativas. Estas envolveram não só a temática da #Literatura e da poesia, mas também da música. A população deste concelho pôde assim gozar da apresentação de um livro, bem como da exibição de um conjunto de poemas.

Biblioteca Municipal

A ação, com abertura marcada na Biblioteca Municipal Manuel Giraldes da Silva, hospedou inicialmente a apresentação do livro intitulado "Victor Gomes: juntos outra vez" da autoria de Ondina Pires. Com a sala cheia e contando com a presença do Presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, a autora explicou como investigou a vida do músico Victor Gomes, desde o seu passado até à atualidade e como conseguiu reunir neste livro todas as aventuras e curiosidades de um dos principais rostos do rock português.

Neste âmbito, Nuno Canta mostrou-se satisfeito com a apresentação e com o trabalho de Ondina Pires, elogiando a biografia de Victor Gomes, antigo membro da banda Gatos Negros. O autarca que salientou a relevância e pertinência do trabalho da autora face à própria cultura portuguesa, aproveitou ainda a oportunidade para deixar uma palavra de apoio e de conforto a todos os músicos locais. Nuno Canta realentou assim o grau de importância da música diante do desenvolvimento cultural do concelho.

Museu Municipal

Do mesmo modo, o Museu Municipal montijense acomodou a iniciativa "Respirar Poesia". Desfrutando de uma lotação esgotada, esta ação teve como principal finalidade conseguir divulgar o valor e o sentido da expressão poética. Para tal, foi organizada uma confraternização na qual convidados e público tiveram oportunidade de dar a conhecer os seus poemas e dotes de leitura e de escrita.

Com espaço ainda para relembrar poemas destes e de outros tempos, escritos por autores já bastante conhecidos, esta ação, que já comemora três anos, presentou os seus participantes com um momento de chá e de música. Adianta ainda relembrar que esta iniciativa serviu para comemorar o Dia Mundial da Poesia, instaurado pela UNESCO em 1999.