A partir do dia 20 de Junho os utentes das praias da Arrábida que se desloquem em viatura própria só poderão regressar a casa depois das 21h00. Durante a época balnear, a circulação até às praias da Arrábida será previsto apenas num único sentido, entre o Outão e o Creiro, até dia 15 de Setembro, sendo que a alternativa será o regresso através da estrada da serra. Aprovado pelo executivo, a circulação na estrada nacional 379-1 será assim efetuada em sentido único, entre o Outão e o parque de estacionamento, durante o período de tempo compreendido entre as 9h00 e as 21h00.

Até então, estas medidas eram já aplicadas nesta região, porém, em períodos mais curtos, nomeadamente apenas aos fins-de-semana e de 20 a 28 de Junho. Assim, a partir da data supra referida, a circulação vigora com novas regras e estabelece-se assim condicionada até meados de Setembro. Na prática, os utentes das praias da Arrábida apenas poderão fazer a viagem de regresso através de viatura própria depois das 21h00. Anterior a esta hora, o fluxo de trânsito apenas será autorizado pela estrada da serra, que apresenta uma extensão mais longa.

Para contornar esta medida, a empresa Transportes Sul do Tejo (TST) disponibiliza transporte público de ida e volta para a praia da Figuerinha de 20 em 20 minutos com partida marcada no parque de estacionamento de Secil, no Outão, local onde também é possível deixar a viatura. Este transporte é assegurado aos seus clientes entre o período das 9h00 e as 20h00. Em paralelo será prevista também a proibição do trânsito automóvel entre o Edifício dos Pilotos e o Portinho da Arrábida, das 9h00 às 19h00, desde o primeiro dia de Julho até ao fim do mês de Agosto.

À parte destas condições estarão naturalmente os transportes públicos e viaturas de transporte escolar, bem como os veículos de emergência, moradores e concessionários das praias abrangidas geograficamente pelo troço condicionado. Em suma, será mais uma condicionante a ter em conta este verão quando se dirigir até às conhecidas praias da Serra da Arrábida. No entanto, será colocada a respetiva sinalética informativa quanto aos acessos, por forma a orientar os utentes e para que não deixem de aproveitar a harmonia e beleza típica deste recanto, que convida sempre a novos passeios e descobertas pelos refúgios verdes de Setúbal. #Natureza #Turismo