A décima primeira edição do concurso de gastronomia de Almada, que se realiza até 07 de Junho, conta com a participação de cerca de trinta restaurantes localizados nas proximidades da extensa área marítima que compõe o concelho. Esta iniciativa foi lançada pela Câmara de Almada juntamente com a Entidade Regional de #Turismo da Região de Lisboa. A avaliação cabe a um júri que marcará presença em cada um dos locais, sem aviso ou marcação prévia, para elegerem o vencedor de cada uma das seis categorias previstas. O objetivo destes elementos visa distinções específicas como "cozinha regional portuguesa", "cozinha de autor", "melhor entrada ou sopa", "melhor prato", "melhor sobremesa" e "melhor vinho".

Os estabelecimentos têm as portas abertas para dar a conhecer o que de melhor é confeccionado em termos de comida nacional e tradicional portuguesa na margem sul do Tejo. Os apreciadores têm oportunidade de experimentar iguarias confeccionadas com peixe ou carne. Estas autênticas especialidades são compostas por um menu composto por entradas, prato principal e sobremesa que varia entre os 10€ e os 38€. Na zona ribeirinha almadense nem mesmo o calor que se tem feito sentir afastou os visitantes.

Os menus propostos por cada um dos restaurantes são vastos, por isso, vamos apenas mencionar alguns dos pratos principais que pode encontrar no local. As opções vão desde "Caldeirada de Peixe e marisco" no Atira-te ao Rio, a "Espetadinhas" no Cova Funda, e ainda "confit de bacalhau e alho", com batata doce e grelos regado com molho de queijo de Azeitão no Amarra Ó Tejo, no Jardim do Castelo. Em outros pontos da cidade, por exemplo, há "Cabidela de galinha com arroz malandrinho", no Arizé, no Pragal, e "Choco frito e batatas salteadas" no Moinho Alentejano, na Cova da Piedade.

Em alternativa, e para quem decida conciliar uns dias de praia com uma alimentação saudável, aliado ao bom sabor da gastronomia portuguesa, encontram em estabelecimentos da Costa da Caparica "Arroz de Tamboril", no Mar Puro, "Filetes de cavala com legumes", no Oh! Carlos, bem como uma fusão de cozinha ocidental e oriental, no Sentido do Mar. Tal como em anos anteriores, este evento, que conta uma afluência elevada de participantes e visitantes, desenvolve-se com o intuito de promover os pratos típicos da região como "património cultural". #Culinária