A edição do SeixalJazz de 2015 vai decorrer nos dias 16, 17, 22, 23 e 24 de outubro. A organização do evento apresenta este ano um cartaz bastante diversificado, em que se cruzam diferentes linguagens jazzísticas. Segundo o site da Câmara Municipal do Seixal, a aquisição dos bilhetes pode ser feita no Fórum Cultural do Seixal; já se encontram à venda desde dia 18 de setembro, com um custo de 10 euros para cada concerto ou 40 euros para quem pretende assistir aos 5 dias do festival. Os reformados, trabalhadores da autarquia do Seixal e jovens até aos 25 anos vão poder usufruir de um desconto de 25%. Para facilitar a aquisição dos ingressos é possível também efetuar reservas de bilhetes individuais por e-mail ou telefone, sendo que a reserva irá manter-se válida até 1 hora antes do início do espetáculo.

O cartaz deste ano vai contar com Paulus Schäfer Trio no dia 16 de outubro, Carlos Bica & Azul no dia 17, Jerome Sabbagh New York Quartet no dia 22, Rodrigo Amado Montion Trio e Rodrigo Pinheiro no dia 23 e Gary Bartz Quartet no dia 24. No dia 21 será realizado um espetáculo paralelo diferente e direcionado para os alunos do 2º e 3º ciclos do ensino básico das escolas do concelho, que vão fazer parte do novo projeto designado por “A escola vai ao SeixalJazz” e que irá contar também com a colaboração do quinteto do trompetista Gonçalo Marques num concerto comentado.

A realização do evento, como já vem sendo hábito, terá lugar no Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal, cuja sala tem a capacidade de poder acolher um máximo de 345 pessoas. O SeixalJazz é já um evento de referência para quem aprecia este tipo de sonoridade e é realizado anualmente desde 1996, trazendo todos os anos algumas personalidades de renome e este ano não será diferente. Espera-se que a lotação da sala seja preenchida na totalidade em todos os #Concertos, pelo que a aquisição do bilhete deverá ser feita com alguns dias de antecedência no Fórum Cultural do Seixal ou também na Agência de Bilhetes para Espetáculos Públicos (ABEP), nos Restauradores, em Lisboa. #Música #Festivais