Em menos de 24 horas dois acidentes mancharam de sangue as estradas do concelho de Palmela, na região de Setúbal. No domingo à tarde, 11 de Outubro, um despiste de um automóvel provocou a morte de um casal, tendo os dois filhos menores ficado feridos. Já nesta segunda-feira, uma colisão frontal matou uma mulher de 35 anos e uma criança de 12. Deste acidente resultaram ainda ferimentos graves num bebé de 9 meses. As causas de ambos os acidentes estão a ser investigadas pelas autoridades.

Ainda o país estava chocado com a tragédia da tarde de domingo, onde um homem de 45 anos e uma mulher de 38 anos perderam a vida num despiste, quando esta segunda-feira ocorre mais uma tragédia. Em ambos os casos estão envolvidas crianças menores de idade que viajavam nos automóveis acidentados.

Eram 15:17 horas de domingo, 11 de Outubro, quando o alerta chegou ao Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal. Um automóvel ligeiro de passageiros entrou em despiste ao quilómetro 34 da Estrada Nacional (EN) 5, no concelho de Palmela, tendo acabado por chocar com uma árvore. O condutor, de 45 anos, e a mulher de 38, terão tido morte imediata, enquanto os dois filhos, uma menina de 11 anos e um rapaz de 8 anos, sofreram ferimentos considerados ligeiros, tendo sido transportados para o Hospital S. Bernardo, em Setúbal. As vítimas mortais, que residiam em Grândola, foram removidas e entregues ao Gabinete de Medicina Legal da mesma unidade hospitalar. No local do sinistro estiveram vários meios de socorro pertencentes às corporações de bombeiros de Águas de Moura e Alcácer do Sal, bem como do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) que accionou um helicóptero.

Já esta segunda-feira, cerca das 8 horas, o CDOS de Setúbal foi chamado novamente a intervir num outro acidente, desta vez na EN 533, na localidade de Lagameças, no mesmo concelho de Palmela. Aqueles serviços da Protecção Civil enviaram para o local cerca de 25 operacionais e 11 veículos dos Bombeiros Voluntários de Água de Moura, INEM e GNR. Quando chegaram ao local, os bombeiros depararam-se com uma colisão frontal entre dois automóveis, da qual resultou a morte de uma mulher de 35 anos de idade e ferimentos graves em duas crianças. Um bebé de 9 meses de idade foi transportado para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, depois de ter sido estabilizado no Hospital de São Bernardo, em Setúbal. Já a criança de 12 anos acabaria por morrer durante o transporte para o Hospital de Santa Maria. #Acidente Rodoviário