No próximo sábado, dia 23 de janeiro, a autarquia do Montijo irá proceder à inauguração do Cais dos Pescadores, através de uma cerimónia que terá como palco a sede da Sociedade Cooperativa União Piscatória Aldegalense. O evento, marcado para as 14h30m, contará com a presença do Presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, e do Presidente da Sociedade Cooperativa União Piscatória Aldegalense (SCUPA), José Maria dos Santos, tendo como principal objetivo expor e elucidar as inúmeras valências presentes nesta nova infraestrutura.

Este espaço novo da cidade surge de um investimento promovido pela própria SCUPA, que teve por base um financiamento de 494.820,00 euros decorrente do PROMAR, o Programa Operacional Pesca 2013-2017. Neste âmbito, a autarquia montijense fortaleceu este investimento através da realização de um protocolo de colaboração com a sociedade piscatória local, no valor de 113.825,00 euros.

A nova fundação de apoio ao crescimento e progresso da atividade piscatória local encontra-se assim dimensionada para a acostagem de dezasseis embarcações em simultâneo, salientando-se a presença de uma rampa de varadouro que poderá auxiliar a retirada e a colocação das embarcações na água. Simultaneamente, nesta rampa tornar-se-á possível realizar tarefas de manutenção e de reparação das embarcações, bem como de conservação e de preservação dos equipamentos individuais de pesca.

Esta construção possibilitou ainda a ressalva das ruínas do Moinho de Maré do Meio, mantendo o objetivo primordial do município montijense “de dar continuidade à reconversão e requalificação da frente ribeirinha da cidade, por forma a manter a história e a identidade daquele local, preservando e valorizando o património e a cultura piscatória do Montijo”.

Adianta ainda referir que a cerimónia de inauguração do Cais dos Pescadores será encerrada no Museu do Pescador, com a oferta de um Moscatel de Honra. A entrada neste evento encontra-se aberta a todos os interessados, residentes ou não na localidade. #Ambiente #Autarquias