Foi ao final da tarde desta quinta-feira (2 de Março), na Rua da Beiras, na Baixa da Banheira, Moita, que um homem incendiou a sua própria casa, após alegadamente ter tentado matar a sua companheira. O homem, com cerca de 80 anos, terá mesmo utilizado um machado para conseguir levar a cabo a intenção de matar a mulher. Eram aproximadamente 19h24 quando a Polícia de Segurança Pública (PSP) foi alertada e de imediato enviou uma patrulha ao local. Conforme avançado pelo Correio da Manhã, a vítima, que tem cerca de 50 anos, sofreu alguns ferimentos na cara e terá conseguido escapar do atacante ao refugiar-se na casa de uma vizinha, que logo de seguida alertou as autoridades.

Publicidade
Publicidade

O incêndio que atingiu a casa do atacante fez mais 8 vítimas devido à inalação do fumo, entre elas, um agente da PSP e um casal de idade, que terá ficado emboscado por causa do fumo e teve mesmo que ser resgatado pela própria #Polícia, que utilizou a ambulância dos bombeiros da Moita para o efeito. Mas, aparentemente, foram todos assistidos no local e já se encontram bem. Já a mulher que foi alvo da tentativa de homicídio, devido às escoriações que apresentava, foi transportada para uma unidade hospitalar e teve mesmo que ser internada.

As razões que levaram o homem a efectuar tal acto tresloucado ainda não são conhecidas, mas as autoridades já se encontram a investigar o caso. Pelo facto de ter existido uma tentativa de homicídio, a ocorrência passou da PSP para a Polícia Judiciária (PJ), que já se encontra no terreno a fazer as respectivas perícias e investigações para o apuramento dos factos e responsabilidades.

Publicidade

Apesar do agressor já se encontrar devidamente identificado pelas autoridades, ainda se encontra em fuga, sendo que as forças de segurança prosseguem as buscas para o tentarem localizar e deter.

Para além da PSP e da PJ de Setúbal, também acorreram ao local do #Crime, os Bombeiros Voluntários da Moita, os Bombeiros Voluntários do Sul Sueste e ainda uma Viatura de Emergência e Reanimação (VMER).

Atualização

O homem, que entretanto se encontrava em fuga e a ser procurado pelas autoridades, foi encontrado sem vida. A inalação dos fumos tóxicos do incêndio por ele provocado terão acabado por causar a morte.