Um jovem de 29 anos morreu depois de o automóvel que conduzia ter chocado violentamente num outro que seguia em sentido contrário. O condutor do segundo veículo, um homem de 52 anos, também não resistiu aos ferimentos e a acompanhante, uma mulher de 49 anos, ficou ferida em estado considerado grave. Apesar de as causas ainda estarem a ser apuradas pelas autoridades, os primeiros indícios apontam para adormecimento ou doença súbita. O trágico acidente ocorreu na madrugada desta sexta-feira, 10 de Março, no Itinerário Complementar nº 33 (IC3), próximo da aldeia de Silveiras, no concelho de Grândola (distrito de Setúbal).

O alerta para o violento acidente soou na central do Comando Distrital das Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, da Autoridade Nacional de Protecção Civil, por cerca das 1:30 horas, dando conta de um #Acidente envolvendo dois veículos automóveis ao quilómetro 43 do IC3.

Publicidade
Publicidade

Tudo indica para que o automóvel conduzido por um jovem de 29 anos tenha saído da sua faixa de rodagem, vindo a chocar frontalmente com um outro automóvel que seguida em sentido contrário. Uma vez que as autoridades não detectaram quaisquer sinais de travagem no asfalto, leva a crer que o jovem condutor tenha adormecido ou sido vítima de doença súbita, fazendo com que perdesse o controlo do automóvel. No entanto, militares do Núcleo de Investigação a Acidentes de Viação da Guarda Nacional Republicana estiveram no local e recolheram elementos de prova com vista a esclarecer as causas que tenham estado na origem daquela violenta colisão.

O jovem condutor morreu, assim como o homem de 52 anos que conduzia o segundo automóvel, onde seguia, ainda, uma mulher de 49 anos que sofreu ferimentos considerados graves.

Publicidade

Nas operações de Socorro estiveram envolvidos cerca de três dezenas de operacionais das corporações de #Bombeiros voluntários de Grândola e de Alcácer do Sal, auxiliados por 12 viaturas, bem como uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica (#INEM).