Ser ou não ser um bom líder/gestor de equipas, eis a questão. Quando se assume um papel de liderança pela primeira vez, as primeiras decisões nem sempre são as mais corretas e podem levar a que se passe simplesmente a ordenar em vez de se coordenar e motivar a equipa para atingir objetivos. Um bom líder tem de saber conjugar várias características para conseguir ter sucesso. Algumas dessas características estão associadas à sua personalidade e podem nunca ser atingidas por mais que a pessoa tente, mas existem muitas outras que podem ser trabalhadas. Liderar não é mandar, é saber coordenar e motivar.

Um bom líder tem de ser visionário, tem de olhar para o presente projetando sempre o futuro. Regra geral, tem de ser uma pessoa pró-ativa e nunca reativa. Só assim poderá antecipar qualquer problema que possa surgir.

A comunicação é vital para estabelecer uma boa relação com os restantes membros que compõem a equipa. Por isso mesmo, o líder deve ser sempre um bom comunicador para que consiga de forma clara transmitir a sua ideia, a sua visão. Tem de ser capaz de motivar e fazer com que todos se revejam nas suas ideias para a empresa, saber argumentar convincentemente.

Todos os líderes vão ser confrontados com situações menos favoráveis e nas quais terão de demonstrar que são bons negociadores. Saber lutar pelos seus objetivos implica muitas vezes intensas negociações, seja dentro da empresa, com clientes, entidades financeiras, administradores, etc. Flexibilidade não é sinónimo de moleza, mas sim de controlar e contornar os obstáculos que lhes possam surgir no caminho.

Ser exigente não é o mesmo que ser autoritário. Um bom líder é tão exigente com os membros da sua equipa como consigo mesmo. É com esta coerência que se consegue manter o respeito pelas suas decisões. Exigir perfeição é uma obrigação no caminho para os objetivos propostos. A disciplina, a educação e a capacidade de "dizer não", são cruciais para que nunca se perca o respeito entre líder e subordinados.

Estas são algumas das características que podem ser trabalhadas/melhoradas para que consiga ser um bom líder. No entanto existem outras características que ou se têm ou nunca se irá conseguir adquirir, como por exemplo o carisma. O carisma é uma habilidade natural para conduzir pessoas, é o autêntico magnetismo pessoal. O carisma permite ganhar a equipa. Desta forma, podemos concluir que nem todas as pessoas podem ser bons líderes, mas a grande maioria com algum esforço e dedicação, pode conseguir ficar bem perto dessa perfeição.