A auscultação popular, conforme roteiro, começou a 26 de Janeiro e prolonga-se até ao final do mês com a visita dos presidentes, vereadores e membros dos executivos pela freguesia de Santo António da Charneca. O programa contemplou ainda passagens, durante o dia 29 de Janeiro, pelas Áreas Urbanas de Génese Ilegal entre as 14h30 e as 19h00 e ao inicio da noite pela União Desportiva da Vila Chã pelas 21h30. São esperadas visitas ao Grupo Recreativo União Penalvense (14h00), à Escola Básica da Penalva (15h00) e a concluir o dia de hoje de trabalho, 30 de Janeiro, um encontro com os meios de comunicação no Grupo Recreativo União Penalvense (16h00).

Se recuarmos três a quatro dias, para a abertura deste roteiro, damos a conhecer que os executivos estiveram bastante ativos no seu contato com os seus munícipes e fregueses no Centro Social de Santo António. A abordagem aos elementos de direção desta estrutura social foi fundamental para conversarem sobre o projeto do Serviço de Apoio Domiciliário, conforme comunicado da Câmara Municipal do Barreiro. Segue-se uma conversa com a diretora do Agrupamento de Escolas de Santo António, uma visita à Unidade de Saúde Familiar de Santo António, as instalações da GNR, a Escola Básica do 1º ciclo e o Jardim Infância “Os Reguilas”. Marcaram presença no passado dia 27 de Janeiro, na Sociedade Filarmónica União Agrícola 1º de Dezembro, comércio de Santo António, Santoantoniense Futebol Clube, Escola Básica 1º ciclo de Santo António e Igreja Paroquial de Santo António da Charneca. O roteiro no Barreiro não é de agora; surgiu muito antes das agregações das freguesias no concelho que foram denominadas de União das Freguesias do Alto do Seixalinho, Santo André e Verderena, a União das Freguesias de Barreiro e Lavradio, a União de Freguesias de Palhais e Coina e ainda a Junta de Freguesia de Santo António da Charneca. A importância deste tipo de iniciativas sempre foi considerada de relevância, e destacada pelos eleitos que passaram ao longo dos tempos pelas autarquias e município, por causa da proximidade com os cidadãos.