Será já no dia 20 de Março de 2015 que irá ocorrer este fenómeno, que já está a ser considerado um teste ao sistema elétrico europeu. Fonte do European Network Transmission System Operators for Electricity (ENTSO-E), organização de empresas de distribuição de eletricidade, declara que "Eclipses solares já aconteceram antes mas com o aumento do uso da energia fotovoltaica, o risco de um incidente pode ser sério, se não se tomarem as devidas precauções". Será necessário encontrar alternativas que possam ficar operacionais aquando das possíveis falhas de energia e é preciso ter também em atenção o controlo na recuperação. "Em 30 minutos a produção de energia solar vai diminuir de 17,5 a 6,2 gigawatts, e depois subir para 24,6 gigawatts" - explica Patrick Graichen, diretor executivo da Ágora Energiewende. Os países europeus mais afetados deverão ser a Alemanha, a França e a Itália, uma vez que apostam fortemente neste recurso energético.

Em alguns países, como a Escócia, a Gronelândia, a Noruega e a Islândia, o eclipse irá tapar quase 90% do sol. No entanto, poderá ser avistado um eclipse parcial noutras zonas da Europa, no Norte de África e na Rússia. Em Portugal, o fenómeno será visível em todo o território continental e ilhas, em cerca de 65%. O eclipse total será avistado no Norte da Escandinávia e Ilhas Faroé (a capital Torshavn ficará na escuridão total durante 2 minutos e 2 segundos). O "eclipse solar" ocorre quando a Lua se posiciona entre o planeta Terra e o sol, formando uma sombra que abrange uma pequena faixa da superfície terrestre. Durante o eclipse, essa área ficará escura num determinado intervalo de tempo limitado.

Existem ainda diferentes classificações de eclipse solar: eclipse solar total - quando toda a luminosidade do sol é tapada pela lua; eclipse solar parcial - no qual apenas parte da luz solar é ocultada pelo satélite natural da Terra; eclipse anelar - em que o tamanho da lua não será suficiente para encobrir todo o sol e é então formado um "anel" à volta da lua; e o eclipse híbrido - total em alguns pontos e anelar noutros. Tudo depende do grau de inclinação da órbita lunar. Em qualquer um destes casos, o eclipse solar só acontece durante a "lua nova", pois é nesta fase que a lua se posiciona entre o planeta Terra e o sol. #Natureza #Curiosidades