A Guarda Nacional Republicana fez um apelo através do Facebook: "procuram-se donos responsáveis que queiram adotar um dos cinco cachorrinhos recém-nascidos que foram abandonados junto a um contentor do lixo, em Reguengos de Monsaraz". E a resposta foi rápida. Tão rápida que só já há duas cachorrinhas para adotar e quem as quiser receber terá de enviar mensagem privada para a GNR naquela rede social.

Os militares do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial de Reguengos de Monsaraz encontraram as pobres criaturas no dia 18 de Fevereiro. Entregaram inicialmente os cãezinhos aos cuidados dos serviços da câmara municipal daquela localidade, onde ficariam a aguardar por uma adoção responsável. "As cachorrinhas estão a recuperar bem e irão continuar a receber muita atenção e cuidados até que seja possível encaminhá-las para uma adoção responsável, assim que consigam alimentar-se sozinhas", comunicou a GNR.

Mais tarde, uma atualização no Facebook mostrava a cabo Sandra Claro com as crias envolvidas numa toalha cor-de-rosa. E garantiram que estavam em boas mãos porque a militar já desempenhou funções no Grupo de Intervenção Cinotécnico da GNR. A sua experiência e o facto de estar familiarizada com o tipo de rotina que estas crias necessitam tranquilizaram os internautas. Estes têm sido incansáveis, escrevendo centenas de mensagens de parabéns à militar e à GNR. A fotografia em que a cabo aparece com as crias já mereceu perto de 4.000 cliques no botão "gosto" e já foi partilhada perto de um milhar de vezes.

No mesmo dia em que encontrou os cinco cachorrinhos, a GNR esteve em ação, desta feita na Madeira, para resgatar um canídeo ferido que se encontrava num buraco do alicerce de um prédio devoluto. Segundo uma publicação da GNR no Facebook, o resgate não foi fácil, porque "o buraco tinha cerca de quatro metros de profundidade e não tinha qualquer saída ou entrada, pelo que, foi necessário fazer uso de algumas técnicas utilizadas no resgate em montanha". Depois de resgatado, o animal foi entregue ao dono. Mais uma história com final feliz que também mereceu muitos elogios no Facebook.

Alguns estudos sugerem que a adoção responsável de um cão pode trazer várias vantagens a quem sofre de algumas doenças, em particular para quem sofre de autismo ou alzheimer.

A página oficial da GNR conta já com cerca de 119.508 fãs. #Animais