A notícia já correu o mundo e foi destaque em vários meios de comunicação internacional: Manoel de Oliveira morreu durante a madrugada desta quinta-feira, aos 106 anos, vítima de doença prolongada. Quando nasceu ainda havia Monarquia em Portugal e D. Manuel II era rei. O realizador era o mais velho do mundo ainda no exercício da sua profissão. Foi também o único que assistiu à evolução do #Cinema mudo para sonoro e preto e branco para cores. Fez jus à expressão "parar é morrer". Segundo as suas próprias palavras: " Todos os cineastas, como eu, só temos um desejo: todos ambicionamos morrer a fazer filmes".

O seu enorme talento era inegável, tanto que era conhecido como "O Mestre". A maior referência portuguesa na sétima arte era também muito aclamada internacionalmente e levou o nome de Portugal além-fronteiras. Quando no ano passado foi distinguido com o título de Grande Oficial da Legião de Honra de França, pelo presidente François Hollande, revelou que tinha vários projectos planeados: uma adaptação de "A ronda da noite" de Agustina Besssa-Luís e do conto de "A igreja do diabo" de Machado de Assis.

A última obra do realizador foi a curta-metragem "O Velho do Restelo", que estreou no festival de Veneza em Setembro e em Portugal no dia do seu 106º aniversário, a 11 de Dezembro do ano passado. O realizador deixou um impressionante legado de 33 longas-metragens e 16 curtas-metragens e também participou em outros filmes como actor e supervisor.

Várias figuras públicas ligadas às mais diversas artes, cantores, actores, apresentadores de televisão e até mesmo políticos já lamentaram esta perda irreparável. O cineasta tinha sido escolhido para este ano apadrinhar a 2ª edição do Figueira Film Art. A organização decidiu manter a agora homenagem póstuma. Também a Academia Portuguesa de Cinema irá evocar a vida e obra do realizador na cerimónia dos prémios Sofia, esta noite. Como forma de homenagear este génio, nascido na freguesia de Cedofeita, a Câmara Municipal do Porto já anunciou que vai decretar três dias de luto, entre sexta-feira e domingo.