O conceito ainda não é muito conhecido em Portugal, mas a nível internacional são muitos os jovens que optam por fazer um ano de pausa nos estudos e viajar. O objetivo é proporcionar novas experiências, conhecer outras culturas, fazer voluntariado e tentar compreender o que se quer fazer depois de regressar ao país de origem, portanto, perceber qual é o melhor caminho a seguir no futuro.

Com o objetivo de promover o Gap Year enquanto "prática de valorização e desenvolvimento pessoal", a Associação Gap Year Portugal decidiu abrir um concurso cuja candidatura vencedora receberá uma bolsa no valor de 5 mil euros, no caso de ser individual, ou de 6500 euros no caso de a candidatura ser conjunta. Em qualquer dos casos as viagens de ida e volta estão incluídas.

O concurso é uma parceria entre a Associação, a TAP e a Fundação Lapa do Lobo. Focado em dar uma oportunidade a todos os jovens de sair da zona de conforto e desenvolver competências que possam, posteriormente, contribuir para o seu sucesso profissional, pessoal e académico, o concurso consiste no envio de um vídeo, com a duração máxima de um minuto, onde os candidatos deverão explicar os motivos que os levaram a concorrer. Adicionalmente devem também apresentar um projeto com duração mínima de seis meses e máxima de dez meses. Contudo, em qualquer dos dois casos acima referidos, nenhum projeto poderá ultrapassar a data de 31 de Julho do próximo ano.

As candidaturas estarão abertas até dia 15 de Junho e devem ser formalizadas através do preenchimento do formulário disponível no site da Associação Gap Year Portugal. Ainda de acordo com o regulamento do concurso, são considerados como custos elegíveis para a realização do Gap Year, as despesas referentes à obtenção de vistos e transportes, despesas de deslocação, alojamento e alimentação, seguros de viagem, despesas decorrentes de cuidados de saúde, entre outros. O incumprimento dos compromissos assumidos pelos vencedores do concurso resultará na cessação dos respetivos apoios. #Educação