É o caso que está a chocar o país. Vários adolescentes gravaram em vídeo, um episódio de bullying chocante, na Figueira da Foz, e, quase um ano depois publicaram-no na Internet e tornou-se viral. Todo o país comenta e nas #Redes Sociais o assunto domina as conversas. No Twitter, o 'assunto do momento', é uma 'hashtag' de apoio à vítima e no Instagram, a fúria virou-se contra Constança, uma das raparigas que é vista a agredir o jovem Jorge.

Para quem não viu o vídeo, em resumo o mesmo apresenta 13 minutos de terror contra um rapaz, Jorge, que fica impávido enquanto é esbofeteado por duas adolescentes, perante os risos de outros miúdos, possivelmente, quatro outros cúmplices. Constança é a jovem que mais maltrata a vítima e além de bofetadas e socos na cara ainda o pontapeia nas partes genitais, pedindo mesmo a outros colegas para que lhe segurem as mãos para que ela possa pontapeá-lo, indefeso.

A #Violência escolar, ou o chamado bullying, é um assunto crescente na nossa sociedade, mas este caso, pelo mediatismo que está a ter, choca ainda mais. A mãe de Jorge terá levado o filho a apresentar queixa nesta quarta-feira, 13 de Maio, imediatamente após a publicação do vídeo, que já tem milhões de visualizações, e os suspeitos poderão ser alvo de processos judiciais.

Nas redes sociais, a justiça vai-se fazendo com insultos e defesas. No Twitter, estão 'Todos Juntos Pelo Jorge', num claro apoio ao jovem que sofreu, calado, durante quase um ano após estas humilhações. "Força rapaz, tens quase o Mundo inteiro contigo", "Tens que ser forte", são as mensagens de apoio mais comuns, mas há muitos que se revêem no caso do Jorge: "Sei perfeitamente o que o Jorge está a passar, porque eu também já sofri disso" ou "Tens o meu apoio, rapaz, eu já passei pelo mesmo".

No Instagram, a página de Constança está a ser alvo de muitos comentários insultuosos. A última publicação desta jovem remonta a 30 de Abril de 2014 mas em todas as fotos, 'chovem' comentários, a insultá-la e até com ameaças. "Otária", "Estúpida", "Devias levar tantas" ou até "Não mereces viver" são comentários muito fortes contra a agressora.

Mas, uma imagem está a revoltar mais ainda. É que Constança, ao que tudo indica, é fã dos One Direction e mais especificamente de Lyam Payne. A jovem tem uma fotografia do cantor britânico, sem t-shirt, e a legenda 'Meu Deus'. Ora, as fãs dos One Direction não gostaram nem um bocadinho. "É preciso teres lata, o Lyam sofreu de bullying e tu fizeste o mesmo a um rapaz inocente", "Não metas uma imagem do Lyam aqui", "Ainda ousas por aqui uma foto do Lyam? Que sofreu de bullying quando era criança?!", "Tu não és fã dos One Direction, senão não fazias isso" ou até "Tenho vergonha de pertencer ao mesmo grupo de fãs de alguém como tu", são alguns dos muitos comentários que censuram a agressora. Numa clara mensagem: as 'directioners' não aceitam que agressoras de bullying gostem da banda pop britânica.