Assim que a capa da próxima edição da Vanity Fair foi revelada, Caitlyn Jenner lançou várias contas nas #Redes Sociais com a nova identidade. Não demorou muito a ter impacto: em quatro horas, a conta de Twitter @Caitlyn_Jenner atingiu um milhão de seguidores, batendo o recorde que tinha sido estabelecido há algumas semanas pelo presidente norte-americano Barack Obama, com a conta oficial @POTUS. Ao final do dia nos Estados Unidos, Caitlyn já tinha 1,85 milhões de seguidores - e ainda só publicara dois tweets, o segundo dos quais agradecendo precisamente pelo apoio dos utilizadores do Twitter.

No Facebook, conseguiu 482 mil fãs no mesmo período de tempo, e a maioria dos comentários foram de apoio e elogio - algo que talvez nem a própria esperasse. Nos Estados Unidos, várias organizações dedicadas à comunidade LGBT vocalizaram o seu apoio à transição muito mediática de Bruce para Caitlyn Jenner, que começou por ser contada numa entrevista a Diane Sawyer, no canal ABC, e estará agora nas páginas da Vanity Fair. A esperança é de que o perfil mediático que conquistou como atleta, vencendo uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1976, e como parte da família Kardashian, leve Caitlyn a mostrar ao mundo o que é realmente ser uma pessoa transexual, ajudando a uma mudança de mentalidades.

"O caso de transição de pessoas transexuais como Caitlyn Jenner não é muito falado, principalmente quando se dá, como no caso dela, numa idade "mais avançada", apesar de não haver idade para se assumir quem se é", afirma à Blasting News Lara Crespo, uma mulher portuguesa transexual. "Fiquei muito satisfeita por Caitlyn Jenner ter ido em frente e ter mostrado ao mundo que é corajosa, linda e uma mulher."

A edição da Vanity Fair, que sai a 9 de Junho, tem uma extensa entrevista feita pelo jornalista de renome Buzz Bissinger e uma sessão fotográfica de luxo da autoria de Annie Leibovitz, que dispensa apresentações no mundo da fotografia. Caitlyn aparece cheia de glamour, do alto dos seus 65 anos, com um visual muito feminino e vestida de alta costura, desde Donna Karan a Zac Posen. Em breve, terá o seu próprio 'reality show', apontado para estreia durante o Verão. "Caitlyn Jenner mostrou que não interessa o nosso passado. Aquilo que nós somos como seres, a nossa essência, vem sempre ao de cima, mais cedo ou mais tarde", conclui Lara Crespo.  #Educação