Devorise Dixon, um jovem de 25 anos de idade, estaria a comer pedaços de frango comprados na conceituada cadeira de Fast Food, a KFC (Kentuchy Fried Chicken) quando se deparou com um panado de forma caricata. Refere que chegou a dar uma dentada no panado quando percebeu que era duro e parecia borracha, algo que o chamou à atenção. Ao ter olhado de volta para o panado percebeu que o mesmo tinha a forma de um rato com cauda. "Arrepiei-me todo e tenho-me sentido mal desde esse dia. Preciso de um advogado, mas cuidado com o que comem nos restaurantes de Fast Food!" disse o rapaz no post que publicou nas redes sociais, com um vídeo, onde mostra o famoso panado. Como seria de esperar, o post começou a tornar-se viral e a correr páginas, posts, blogs e notícias em todo o mundo.

Com  isto, a KFC tem sido alvo de milhares de pessoas, muitos deles clientes, com questões acerca da veracidade do panado ser um rato ou não. Muitas destas pessoas questionam com indignação e repulsa face ao exposto no vídeo e imagens de Devorise. Contudo, há também quem questione a veracidade do produto em si.

A empresa respondeu e forma solene e sucinta nas redes sociais dizendo que "A KFC fez várias tentativas para contactar o cliente em causa, que se tem recusado a falar connosco quer diretamente, quer através de um advogado. Os nossos panados de frango tem vários tamanhos e formas e, até agora, ainda não encontrámos qualquer evidência que corrobore estas acusações. Temos a possibilidade de analisar o produto, num laboratório independente, cuja despesa assumimos, mas o cliente recusa-se a fornecer o produto em causa."

Está ainda por esclarecer o facto de Devorise não querer entregar o produto para ser devidamente avaliado e caracterizado e se, de facto, o panado constitui um rato ou um simples frango. Na realidade, os panados e alimentos do KFC não são todos uniformes e passam todos por estranhas e diferentes formas, mas não deixam de ser constituídos por frango. Esperemos que, realmente, Devorise esteja a pregar uma partida e não a falar a sério.
#Alimentação