A Wired, conceituada publicação norte-americana, coloca o português José Neves, fundador da Farfetch, entre os 100 europeus mais influentes da área da tecnologia, na mais recente lista The 2015 Wired 100, elaborada pela mesma publicação e publicada a 6 de Agosto do corrente ano. A Wired, que entrega ao português a posição 53 desta lista, sublinha o percurso de José Neves no retalho e a sua experiência de mais de 15 anos no sector. Daí até ao lançamento da Farfetch em 2008 foi um passo. A empresa representa actualmente mais de 300 marcas. A mesma publicação relembra ainda o investimento que este angariou em Março de 2015, no valor de 86 milhões de dólares, numa ronda de investimentos que acabou por avaliar a companhia em mais de 1 bilião de dólares, juntando-se assim ao grupo das The Billion Dollar Startup Club. Curiosidade para o facto da Condé Nast, detentora da Wired, ser também uma das investidoras da Farfetch.

Note-se que o primeiro posto é ocupado pelo alemão Oliver Samwer, líder da Rocket Internet, empresa que se dedica à criação de startups online. Embora com sede em Berlim, esta possui também uma forte presença no mercado português. O centro de desenvolvimento, a operar no Porto desde 2012, recrutou mais de uma centena de profissionais apenas no primeiro ano de lançamento. Os 33 000 empregados da Rocket espalhados por mais de uma centena de países fazem deste inevitavelmente uma enorme influência global, mas Samwer não se quer ficar por aqui, e o seu objectivo é muito mais ambicioso, conforme relata o próprio.

Da lista fazem ainda parte nomes mais ou menos conhecidos, como Jimmy Wales, co-fundador da Wikipedia. Jimmy aparece na posição 94 e é mesmo apelidado de "ditador benevolente", por normalmente abordar temas fracturantes como a desigualdade de género no sector tecnológico, a vigilância na internet por parte do Governo, ou por estar simplesmente ligado a acções de solidariedade de âmbito global.

Na posição 78 aparece a modelo e actriz inglesa Cara Delevingne, que é mesmo comparada a Cristiano Ronaldo, por ser, a seguir a ele, a personalidade europeia com mais fãs no Instagram. Cara é destacada pelo seu actual bom momento de carreira e por ser uma influência de moda a nível global.

De acordo com a mesma publicação, este é um trabalho que resulta da nomeação de mais de 200 pessoas da rede Wired. Para fazer parte da lista estas personalidades devem ter necessariamente uma forte ligação à Europa, senão mesmo viver e trabalhar no velho continente. De notar que os indivíduos são avaliados pela sua influência actual e não por factos históricos ou questões monetárias. #Negócios