Após dois dias em Londres a tentar conseguir um internamento no hospital pediátrico Great Ormond Street Hospital for Children, Luna e seus pais, Susana e Adriano José Moreira (ex-jogador do Rio Ave Futebol Clube), desembarcaram no aeroporto Sá Carneiro e seguiram diretamente para o IPO-Porto, já que era urgente que a menina fizesse uma transfusão de plaquetas. Entretanto, o médico que a acompanha, após avaliação do seu estado geral e mesmo tendo os valores analíticos no limiar, adiou e agendou a transfusão para sexta feira, dia 4 de dezembro, por considerar ser o melhor para a menina de seis anos. Seguindo o protocolo médico, Luna deve manter-se em casa e estável até a data marcada para a consulta.

Na curta estadia em Londres, Luna e os seus pais travaram uma batalha contra o tempo. Como que por milagre, manteve-se estável durante os dias que esteve na capital britânica. Enquanto Luna lutava para viver, os seus pais lutavam contra a burocracia e tentavam de todas as formas angariar donativos para pagar a quantia exigida pelo hospital pediátrico para o internamento da filha: 221 mil libras, cerca de 315 mil euros, que deveriam ser depositados na conta do Great Ormond Street Hospital for Children.

Não tendo conseguido a verba exigida por aquela unidade hospitalar, não tiveram outra solução senão regressar a Portugal. Na página lançada na rede social Facebook e intitulada "Todos pela Luna", referia-se que já tinha sido angariada a quantia de 37 mil euros. Luna não conseguiu o internamento no hospital britânico, mas uma fonte próxima da família informou na mesma página que seus pais souberam, através de um clínico profissional do hospital pediátrico Great Ormond Street, da existência em Portugal de um tratamento igualmente inovador.

A família sabe que a batalha ainda não está ganha, mas tão pouco está perdida. E é possível ajudar Luna a vencer as barreiras que aparecem dia a dia - que aparecem na forma dos vários tratamentos de  quimioterapia, o transplante de medula que já realizou e nas idas e vindas constantes ao IPO-Porto. Na página "Todos pela Luna", na rede social Facebookhá informações sobre como ajudar esta pequena menina e sua família. A onda de solidariedade tem sido imensa e as doações continuam. As doações podem ser feitas através do NIB 0018 0003 2281 2465 0202 3 ou do IBAN PT50001800032281246502023 e SWIFT/BIC: TOTA PT PL, cujo beneficiário é Adriano José Viana Moreira, o pai da pequena Luna. #Casos Médicos #Causas