O corpo de uma mulher portuguesa, de 48 anos de idade, foi encontrado na passada semana, num lago na Holanda, a vários quilómetros da zona onde residia. Maria de Jesus dos Santos Gonçalves Santana estava dada como desaparecida desde o passado mês de Agosto. O seu companheiro, de 43 anos, foi detido pelas autoridades policiais holandesas em Outubro, suspeito de ter assassinado a portuguesa, após um cenário de discussão entre os dois. A vítima, oriunda da zona da Pontinha, concelho de Odivelas, estava emigrada naquele país há cerca de 15 anos.

Apesar de a polícia holandesa ter iniciado um processo de investigação e realizado várias buscas, só na terça-feira, 14 de Novembro, é que foi possível localizar o cadáver de Maria de Jesus Santana nas águas do lago Alkmaarder e Uitgeester, próximo da ponte de Kogerpolder.

Publicidade
Publicidade

As autoridades estão a prosseguir com as respectivas investigações, com base em testemunhos e recolha de vestígios, no sentido de apurar as causas da morte e em que circunstâncias a mesma terá ocorrido. Para tal, a polícia está a pedir a quem tenha elementos que possam ajudar na investigação que a contacte, designadamente que ajudem a compreender o estilo de vida e o tipo de relacionamento que a vítima mantinha com o suspeito. Ou mesmo a quem tenha presenciado alguma situação relevante para a investigação.

Maria de Jesus Santana foi vista pela última vez no passado mês de Agosto, na zona da sua residência, em Stieltjesstraat, em Haia. A emigrante portuguesa teria sido vista a passear com o seu companheiro e os seus dois cães. Há quem tenha afirmado às autoridades policiais que o casal teria discutido por diversas vezes, uma delas no interior de um café.

Publicidade

Desde então que as autoridades vinham a investigar aquele misterioso desaparecimento. No passado dia 11 de Outubro, o companheiro de Maria de Jesus Santana foi detido como principal suspeito pelo seu desaparecimento, levando as autoridades a intensificar as buscas. Com a descoberta do cadáver, os investigadores acreditam que o homem está mesmo envolvido e terá sido o autor do alegado assassinato da emigrante portuguesa.

A notícia da morte de Maria de Jesus dos Santos Gonçalves Santana foi divulgada pela polícia holandesa nesta quinta-feira, 16 de Novembro. De imediato começaram a ser publicadas na página da vítima na rede social do Facebook várias mensagens de lamento e de condolências aos familiares pelo sucedido. #policias #Crime #Emigração