A Google anunciou recentemente o início de uma nova fase no desenvolvimento do seu projeto para um carro sem condutor, estando agora a testar o seu comportamento dentro da cidade. A área urbana que acolhe o teste desta tecnologia é Mountain View, a localidade californiana famosa, afinal, por ser a sede da Google. A criadora do maior motor de pesquisa da internet revela que este é um passo mais difícil, relativamente à condução em estrada. Os instruendos de condução bem o sabem: conduzir em cidade implica estar atento a um número bem maior de estímulos, isto é, de situações que exigem avaliação imediata. Mais tráfego, mais cruzamentos, mais sinais de trânsito, mais situações imprevistas como ciclistas, passadeiras, autocarros, outros automóveis a fazer manobras.

Publicidade
Publicidade

Contudo, a Google aponta que o teste urbano também está a ser bem sucedido, e a tecnologia desenvolvida consegue levar o carro de testes a circular por Mountain View com toda a segurança.

O projeto Self Driving Car (Carro que se Conduz Sozinho) começou em 2010 e o objetivo é proporcionar aos passageiros a experiência de serem transportados sem que o condutor tenha qualquer interferência na condução. Pretende-se conseguir, além da comodidade para o condutor, ganhos em segurança: os fatores de risco inerentes à condição humana (stress, cansaço, avaliação deficiente do risco, reação inadequada ao perigo) são eliminados - e o foco principal do projeto é precisamente aumentar a capacidade de avaliação e decisão do protótipo até que esteja totalmente preparado para circular em qualquer estrada.

Publicidade

O carro encontra-se equipado com câmaras de vídeo e vários sensores, determina a posição onde se encontra com recurso ao GPS, avalia a distância em relação aos outros veículos, ás curvas e outros obstáculos, reconhece qual o limite de velocidade no ponto onde se encontra, e toma as decisões necessárias. Em todo o caso, a Google tem a concorrência da Nissan e da Mercedes, que pretendem vender automóveis com esta tecnologia até 2020. O cenário descrito na série "Knight Rider" da década de 80, com David Hasselhoff e o famoso carro KITT, está cada vez mais próximo.