Provavelmente num dos mais importantes anúncios do evento de ontem da Apple, a empresa anunciou que vai estar disponível já esta segunda feira o sistema de pagamentos #Apple Pay que pode tornar a Apple num dos maiores intermediários de transações monetárias do mundo.

Este sistema de pagamentos, que atualmente é suportado pelos novos iPhones 6, o iPhone 5 com o sistema Touch Id e pelo novos iPads anunciados ontem, permite tornar o telemóvel (ou tablet) uma forma de pagamento com o intuito de substituir o cartão de débito e crédito e adicionar uma camada de segurança adicional aos sistemas de pagamento atuais.

Para isso associou-se a grandes empresas que emitem cartões de crédito/débito como a Visa, MasterCard e American Express, bem como a mais de 500 bancos.

Publicidade
Publicidade

E como um novo sistema de pagamento de nada serve sem existirem sítios onde o usar, associou-se também a vários grandes retalhistas como a Sephora, MacDonald's, Staples ou a Toys'r'us entre outros.

A ideia é simples, um chip NFC que permite que um pequeno toque do telemóvel num terminal, associado à leitura da impressão digital do utilizador possibilita que um pagamento seja efetuado de forma segura, rápida e cómoda.

Para além da comodidade, a Apple vai associar o Apple Pay ao seu atual sistema Passbook, o que vai permitir guardar de forma segura vários cartões de crédito/débito da mesma forma que já permite guardar cartões de embarque ou cartões de fidelidade. Vai depois fazer uso do Touch ID para validar a identidade do utilizador perante a presença de um terminal de pagamento, com a vantagem acrescida de que pode já fazer uso dos atuais cerca de 800 milhões de números de cartões de crédito que a Apple já possui associados aos Apple IDs dos seus utilizadores.

Publicidade

Futuramente o Apple Pay será também associado ao relógio Apple (ainda sem data de lançamento).

A nova carteira móvel da Apple não vai suportar apenas pagamentos sem recorrer a qualquer contacto físico, como acontece atualmente quando se usa um cartão de crédito/débito, com um terminal de pagamento. Vai também intermediar pagamentos online e compras dentro de aplicações dentro do seu smartphone Apple.

Com o aumento acrescido na segurança e com tantas parcerias estabelecidas quer com bancos, quer com retalhistas, será que estamos perante o fim da carteira cheia com cartões de plástico? #Negócios