A Audi colocou um Audi RS7 sem piloto a percorrer uma volta ao autódromo de Hockenheim, na Alemanha, com o projecto a conseguir fazer um tempo ao nível do efectuado pelos pilotos que conduzem aquele veículo. O teste foi apresentado ao público por ocasião da prova de encerramento do campeonato de carros de turismo alemão, o DTM, antes do início da corrida. O vídeo foi divulgado pela marca alemã na internet, podendo ser visto no Youtube. No vídeo é claramente visível o grau de elevada precisão, em termos de trajectórias escolhidas e pontos de travagem, conseguida pelo carro da Audi. Com câmaras de vídeo interiores e planos exteriores, o vídeo recorda-nos o KITT, o carro que se conduzia sozinho da série "O Justiceiro", dos anos 80.

Publicidade
Publicidade

Mais recentemente, são conhecidos os testes que a Google tem vindo a desenvolver com carros de série nas estradas, tendo já percorrido milhares de quilómetros sem problemas de maior.

A Audi revela que a sua tecnologia inclui sinais GPS enviados para o carro através de internet wi-fi e sinais de rádio de alta-frequência, bem como um conjunto de câmaras 3D que filmam a pista, enquanto um software compara as imagens recolhidas com os dados sobre a pista incluídos no próprio carro. A Audi aponta também que os ganhos em termos de alta precisão e de alta performance são extremamente importantes para o desenvolvimento futuro da marca. Hoje, a marca já inclui várias funcionalidades que foram desenvolvidas com base nesta tecnologia, como a condução em cruise-control (velocidade de cruzeiro).

Publicidade

#Inovação

O press release da Audi não revela se os construtores automóveis alemães já estão a pensar num campeonato alternativo de construtores, que coloque à prova a perícia dos engenheiros e dos programadores informáticos e que dispense completamente o piloto. Também não há indicações sobre um eventual confronto entre um piloto DTM (poderia ser Marco Wittmann, campeão da categoria em 2014) e o carro da Audi, à imagem do famoso jogo de xadrez entre Garry Kasparov e "Deep Blue", o projecto de computador e software desenvolvidos pela IBM especialmente para essa modalidade, e que terminou com a vitória da máquina, em 1997.