Foi hoje que a gigante Apple apresentou a nova gama de iPads (que já tínhamos visto aqui), o novo iMac Retina e também uma nova versão melhorada do Mac mini. Além dos novos e melhorados equipamentos, fica a partir de hoje disponível o novo sistema operativo OS X Yosemite e o iOS 8.1.

Vamos ver as novidades apresentados por Tim Cook:



Novos iPad Air 2 e iPad mini 3


A principal novidade deste novo iPad Air é mesmo a sua espessura. Consegue ser o tablet mais fino do mercado com 6.1 mm. Vem equipado com um processador A8X, camera de 8 MP (com HDR+), timelapse a 120 fps, câmara frontal com HDR e burst mode ideal para as selfies, Como já tinha sido anunciado ontem, vem com o Touch ID no botão Home. 


Quanto ao iPad mini 3 é em tudo parecido ao iPad Air 2, diferenciando na câmara de 5 MP e no tamanho de ecrã, que é do mesmo tamanho dos seus antecessores. 


Quanto aos preços: 
iPad mini $249 
iPad mini 2 $299 
iPad mini 3 $399 
iPad Air $399 
iPad Air 2 $499

Nota-se o esforço da Apple oferecer para aos utilizadores gamas de valores variados, não havendo a descontinuação do iPad mini que fica fixado nuns atrativos $249. 


iMac 27" Retina 5K


Novo iMac 27", com uma resolução de 5k, vem equipado com um Core i5 a 3.5GHz, 8 GB de RAM, Fusion Drive de 1TB, e uma AMD Radeon R9 M290X, com os preços do modelo mais básico a começar nos $2499. Já com $4000 podemos adquirir um iMac Retina equipado com um processador Intel i7 a 4GHz, 32 GB de RAM e 3TB de armazenamento interno. 
O seu antecessor iMac de 27" cai para os $1.899 e o de 21 polegadas começa nos $1.129. 


Mac mini


Com preços a começarem nos $499, conta com os novos Intel de 4ª geração, com gráficos ao cargo do HD 5000, memória flash mais rápida e 2 portas thunderbolt. De resto, tudo igual aos seus antecessores. 

Quanto a Portugal, a atualização do novo sistema operativo OS X Yosemite começa a partir de amanhã gratuitamente, assim como o iOS 8.1 para os iPhones e iPads.

Publicidade
Publicidade

Relativamente aos preços praticados, ainda não é certo, mas certamente que serão os mesmo valores apresentados, só que em euros, não havendo uma conversão real da moeda.

#Inovação