A Blue Maestro não quer que pense que o Bluetooth serve apenas para você ligar o seu telemóvel ao carro, para sincronizar com um SmartWatch, ou para usar um auricular que o ajuda a perder peso enquanto come. Não... pense também nas crianças. Esta empresa desenvolveu uma chucha inteligente (sim, uma chucha), com ligação Bluetooth, com a qual poderá verificar a temperatura do seu bebé e saber a sua localização em cada momento, enquanto ele aprende a andar. Você pode até programar um alarme para o caso do seu filho se afastar mais de 20 metros de si, e pode fazê-lo soar quando não souber onde o colocou.

Sim, o Pacif-i (nome dado à chucha) pode parecer o tipo de produto que só iria apelar ao pai mais geek, mas a medição da temperatura de um recém-nascido nem sempre é tão fácil quanto parece, e qualquer coisa que torne a vida de um pai mais fácil durante esse período, certamente será bem-vinda. Num mundo em que o Bluetooth está ligado a tudo, qual é o o problema de mais um gadget?

A aplicação móvel que acompanha a chucha (disponível para Android e iPhone) inclui a capacidade de saber qual foi a última vez que deu um determinado medicamento ao bebé, configurar lembretes, e compartilhar informações com o seu médico. Mais do que apenas medir temperatura, ela vai um passo além, acompanhando a história e apresentando-a como um gráfico.

A chucha usa Bluetooth Low Energy, um standard que garante a poupança de energia, o que faz com que a bateria da mesma dure aproximadamente um ano.

Publicidade
Publicidade

Considerando que o período de vida da criança em que este aparelho é realmente útil, um ano de bateria útil não é tão chocante como em outros aparelhos do género.

Por 40 dólares, pouco mais de 30 euros, o Pacif-i não é proibitivamente caro, considerando o preço de algumas chuchas e as funções adicionais desta. As primeiras unidades encomendadas vão começar a ser enviadas em breve, logo que a Blue Maestro receba a autorização das agências reguladoras de saúde. No site da empresa é possível fazer, desde já, as pré-encomendas. #Família